10 exoplanetas que seus descendentes podem colonizar no futuro

Os cientistas analisam vários fatores para determinar se um exoplaneta (um planeta orbitando uma estrela diferente do nosso Sol) é considerado habitável. O principal fator é a comparação do eixo semi-maior do exoplaneta (a distância média do exoplaneta à sua estrela) à zona habitável da estrela.

Originalmente por Dawn M. Kaufman | ListVerse
Traduzido e adaptado por Leonardo Ambrosio.

10 – Tau Ceti

Tau Ceti é uma estrela localizada a 12 anos-luz da Terra, na constelação Cetus. Apesar da distância, ela pode ser vista a olho nu. O astro Tau Ceti-e foi descoberto em 2012, ainda não foi confirmado como um planeta. Já que Tau Ceti-e está localizado próximo de sua zona habitável, é possível que possua água líquida.

Tau Ceti-e possui 70ºC de temperatura máximas, 12° a mais que as máximas da Terra, e isso faz com que o planeta não seja muito propício à vida humana. Entretanto, pode hospedar vida em seus primeiros estágios de desenvolvimento.

Sua massa é igual ou no máximo 4,3x a massa da Terra. Talvez, quando a tecnologia para viajar para outros planetas com segurança e comodidade já estiver desenvolvida, o planeta possa nos abrigar.

9 – Kepler 438b

Kepler 438 está a 473 anos-luz da Terra, na direção da constelação Lyra, essa estrela possui aproximadamente 4,4 bilhões de anos, e trata-se de uma anã-vermelha.

O exoplaneta Kepler 438b é apenas 12% maior que a Terra, que possui uma massa de 0,6 até 4 vezes o tamanho da massa do nosso planeta. O problema o entanto, é a temperatura: 3ºC. Mas é possível que no futuro os seres humanos se adaptem e possam viver em temperaturas como essa.

8 – GJ 667C E

GJ 667C é uma anã-vermelha que está localizada a 22 anos-luz da Terra, na constelação Scorpius. O astro GJ667C-E ainda não foi confirmado como planeta, mas já se sabe que um ano lá é equivalente a 62 anos na Terra.

O potencial exoplaneta se encontra próximo o bastante de sua zona habitável, onde a presença de água líquida é possível. Entretanto, sua estrutura indica que metade do planeta é fria, enquanto a outra é quente.

7 – Kepler 186f

A estrela Kepler 186 está a 561 anos-luz da Terra, na constelação Cygnus. Trata-se de uma anã-vermelha com menos massa e calor que o nosso Sol, o que faz com que a zona habitável seja muito mais próxima dele do que de uma estrela mais brilhante. No exoplaneta, um ano é equivalente a 130 dias terrestres.

A temperatura do planeta Kepler 186-F é de 0ºC, o que o deixa em uma colocação mais afastada na possibilidade de habitação humana.

6 – Kepler 62f

Com tamanho 0,69x menor que o Sol, a estrela Kepler 62 foi descoberta em 2013. O planeta Kepler 62-F possui massa 318x maior que a da Terra, e possui um ano de apenas 268 dias terrestres. É pouco provável que abrigue água líquida. A temperatura na superfície é de -30ºC.

5 – Kapteyn B

Kapteyn é uma anã-vermelha localizada a 13 anos-luz da Terra, na constelação Pictor. Possui massa 0,29x maior que a do Sol. Estima-se que Kapteyn tenha cerca de 8 bilhões de anos. Trata-se da estrela mais veloz no nosso céu, e é tão próxima que astrônomos amadores conseguem encontrá-la.

Um ano no planeta Kapteyn-B significa 48 anos terrestres. Assim como os outros candidatos a receber seres humanos, o local pode conter água líquida na superfície.

4 – Wolf 1061c

Wolf 1061 também é uma anã-vermelha e está localizada a 14 anos-luz da Terra, na constelação Ophiuchus. Trata-se da 35ª estrela mais próxima da Terra, e possui massa de 0,25x a do Sol.

O exoplaneta encontrado próximo a esta estrela, pode ser rochoso e está posicionado na zona em que as temperaturas são adequadas para a existência de água líquida na superfície. A gravidade em Wolf 1061-C é 1,8x maior que na Terra, e o exoplaneta sempre está encarando sua estrela, o que faz com que um de seus lados seja muito quente, e o outro muito frio. Entretanto, cientistas acreditam que no futuro talvez seja possível viver na pisa entre essas duas zonas, ainda que isso não fosse muito confortável.

3 – GJ 667C F

Foi descoberto em 2013 e está localizado a 24 anos-luz da Terra. Seu ano dura 39 dias terrestres e possui massa igual ou inferior a 2,7x a massa da Terra.

2 – Kepler 442b 

Esse planeta possui três bilhões de anos, possui massa e raio 0,61x e 0,60x a do Sol, respectivamente. O Kepler 442b está localizado a 1100 anos luz da Terra, na constelação Lyra, e possui um ano que dura 112 dias terrestres.

Acredita-se que seja um dos exoplanetas mais semelhantes com a Terra já encontrados.

1 – GJ 667C-C 

Esse exoplaneta possui um ano de aproximadamente 28 dias terrestres. Entretanto, um dia em GJ 667C-C dura 56,2 dias terrestres. A massa do exoplaneta é de 0,01x o de Júpiter, e ainda é desconhecido se a superfície é rochosa ou gasosa.

GH 667C-C está localizado em uma área que propicia a existência de água líquida, aumentando a possibilidade de uma superfície rochosa.

Você pode gostar também Mais do autor

Comentários

Carregando...