Artigos científicos, notícias e muito mais.

10 importantes descobertas que só foram possíveis com a tecnologia dos lasers

Muitos campos de conhecimento, como a medicina, geologia e sismologia progrediram ou tiveram grandes inovações graças aos lasers. No entanto, não é apenas o mundo científico que está se beneficiando deles. Até mesmo os arqueólogos estão fazendo grandes descobertas graças ao uso dessa tecnologia.

10 – Cidades medievais no Camboja

camboja

Recentemente, uma equipe de arqueólogos descobriram uma série de cidades medievais até então desconhecidas perto de Angkor Wat e outros templos em Siem Reap, no Camboja. A descoberta é muito importante, já que pode potencialmente “reescrever a história dos livros” e desafiar tudo aquilo que se sabe sobre o Império Khmer.

Além disso, escaneamentos via laser revelaram que o povo Khmer era muito mais avançado tecnologicamente do que se acreditava. Por exemplo, eles já sabiam usar sistemas de irrigação para controlar o fluxo de água quatro séculos antes da época em que os especialistas acreditavam que esse tipo de tecnologia havia sido inventado.

9 – Antigas estradas romanas no Reino Unido

roma

Quando os romanos conquistaram o Reino Unido, eles construíram uma grande rede de estradas. Uma série dessas estradas sobreviveram ao tempo e podem ser visitadas ainda hoje. Mas a maioria dessas rotas se perderam ou foram destruídas por uma série de fatores – muitas, por exemplo, se transformaram em parte de fazendas e campos.

Felizmente, algumas dessas estradas foram redescobertas por meio do uso de escaneamentos via laser. Essa descoberta chamou a atenção de muitos entusiastas por história e arqueólogos.

8 – Áreas perdidas de New England, nos EUA

newengland

Grande parte do estado de New England-EUA é coberta por florestas. No entanto, nem sempre foi assim. Houve um tempo em que essas florestas eram repletas de fazendas e comunidades, em vez de árvores. Utilizando escaneamentos via laser, um grupo de arqueólogos descobriram que escondido entre floresta de Pachaug existem estradas, paredes e até ruínas de casas.

Esses locais foram abandonados por dois fatores: industrialização e oportunidade de vida melhor no oeste. Quando as pessoas foram embora, a natureza tomou conta.

Apesar dessa significante descoberta, os pesquisadores lamentam que os resultados sejam limitados.

7 – Tocas polares

polares

Além das descobertas importantes no campo da arqueologia, a tecnologia dos lasers também pode ser usada para salvar a vida de ursos polares, especialmente os filhotes. O inverno é a época em que as fêmeas estão em suas tocas cuidando dos filhotes. No entanto, essa também é a época em que as perfurações em busca de petróleo estão no auge. Existem alguns métodos de evitar as tocas, mas eles não são tão efetivos assim e deixam margem para falhas que podem ser fatais para os animais.

Felizmente, um estudo conduzido em 2013 revelou que os escaneamentos por laser podem ajudar a descobrir entre 90 e 95% das tocas polares existentes em uma certa área. Com o uso dessa tecnologia, ursos polares e seus filhotes podem ser protegidos com mais facilidade.

6 – A maior árvore tropical do mundo

arvore-tropical

Recentemente, um grupo de pesquisadores descobriu a maior árvore tropical do mundo em uma floresta na Malásia. Trata-se de uma árvore do gênero Shorea com aproximadamente 89 metros de altura.

Identificar a altura exata da árvore foi um desafio e tanto. Para conseguir fazer isso, eles precisaram da ajuda de um escalador local chamado Unding Jami. Ele mediu a altura da árvore utilizando uma fita métrica. De acordo com Jami, ele não conseguiu tirar uma foto do topo da árvore pois teve de se defender dos ataques de um gavião.

5 – Clark Strand

clark

Em 22 de novembro de 1800, a área de San Diego, nos Estados Unidos, foi abalada por um terremoto de magnitude 6.5. Cientistas da época não conseguiram determinar o que causou os tremores. Durante 200 anos, isso permaneceu sendo um mistério.

Foi apenas em 2012 que especialistas identificaram a falha. Utilizando escaneamentos via laser, geólogos da Universidade do Estado do Arizona descobriram que o tremor ocorreu na região de San Jacinto Fault Zone chamada Clark Strand.

Essa descoberta foi muito importante, já que as técnicas utilizadas para determinar a falha misteriosa pode potencialmente ajudar os cientistas a realizar previsões mais precisas no futuro.

4 – Polaris

polaris

Em 2011, um grupo de cientistas descobriu uma nova falha geológica na Califórnia. Ela foi nomeada em homenagem a uma antiga cidade famosa por sua atividade de mineração, que ficava ali por perto – Polaris. Compara à falha de San Andreas, que possui 1300km de comprimento, Polaris possui apenas 35km, e foi descoberta utilizando a tecnologia dos lasers.

Especialistas estimam que a falha recém descoberta é capaz de produzir terremotos de magnitude entre 6.5 e 6.9. Polaris está conectada com outras falhas na área, e por causa disso especialistas antecipam que a intensidade dos terremotos poderia ser ainda maior caso as rupturas ocorrem em conjunto com as outras falhas.

3 – Novos ossos de dodôs

dodo

O dodô era um pássaro incapaz de voar, que viveu nas ilhas Maurício, no Oceano Índico. Eles foram exterminados por ratos e porcos, introduzidos pelos navegadores nas ilhas. Em 1693, eles se tornaram oficialmente extintos. Apesar de ser um dos animais extintos mais famosos da história humana, ninguém tentou de fato reunir tudo que se tem sobre eles e estudá-lo em detalhe. Por isso, pouco se sabe sobre a biologia e anatomia desses pássaros.

Mas isso começou a mudar em 2014, quando um grupo de cientistas conduziu um escaneamento via laser naquele que era considerado o “único esqueleto completo de um dodô”. Os escaneamentos revelaram ossos antes desconhecidos, presentes na anatomia dos pássaros. Essas novas descobertas são significantes pois a partir delas, os cientistas podem entender melhor a anatomia e biologia do dodô e, com isso, desvendar alguns dos mistérios que cercam esses pássaros.

2 – Antigas fortalezas romanas

romanas

Alguns exemplos de antigas fortalezas romanas foram descobertos em diferentes países, mas nenhum havia sido encontrado na Itália, de fato. Isso mudou quando um grupo de pesquisadores descobriu três fortalezas próximas à fronteira com a Eslovênia. Uma delas foi construída em 178 aC, e foi identificada pelos pesquisadores como ‘San Rocco’. Essa, até o momento, é a fortaleza romana mais antiga já encontrada.

1 – Estruturas estranhas no Camboja

campos

No meio das florestas do Camboja, repousam misteriosas estruturas construídas há cerca de mil anos. Tais estruturas são como grandes estufas, ou montes de terra. Até hoje não se sabe exatamente o propósito dessas estruturas, que estão ali desde o auge do Império Khmer. No entanto, acredita-se que talvez tenham servido para fins de plantações.

Essas estruturas misteriosas foram descobertas em 2015 com a utilização da tecnologia de lasers.

Comentários
Carregando...