Adolescentes estão realizando desafio perigoso com camisinhas, e as consequências podem ser fatais

(DokaRyan/YouTube)
62

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

Com informações de ScienceAlert.

A Internet sem sombra de dúvidas é fonte para muitas informações úteis e interessantes, mas também pode servir como meio de propagação de brincadeiras perigosas que podem colocar em risco a vida das pessoas. E recentemente uma dessas “brincadeiras” está atingindo um grande número de internautas: trata-se do “desafio da camisinha”. Nele, as pessoas estão tentando fazer um preservativo entrar por uma das cavidades nasais e sair pela boca, em uma brincadeira de muito mau gosto que pode levar até mesmo à morte.

Como você provavelmente já sabe, nossos sistema respiratório de fato une as vias nasais à boca, mas isso não significa que você pode “brincar” com o seu corpo desse jeito, dizem os especialistas. Em 2004, médicos da Índia documentaram o caso de uma mulher de 27 anos que acidentalmente inalou uma camisinha pelo nariz. A mulher não conseguiu tirá-la de dentro do seu nariz, e como resultado seu pulmão terminou parcialmente danificado.

Ela teve de ficar seis meses internada por conta do ocorrido, e sofria com tosses e febre. O preservativo teve de ser retirado cirurgicamente.

Um estudo nigeriano de 2016 apontou que 62% das complicações causadas por pessoas tentando puxar coisas de seus narizes foram resultado de profissionais não treinados tentando realizar proezas.

Mesmo nos “melhores casos”, onde a pessoa consegue tirar a camisinha pela boca sem se engasgar, acidentalmente engolir o objeto ou deixá-lo preso no meio do caminho, o desafio não é inofensivo. A pessoa pode acabar engolindo produtos químicos em excesso, já que preservativos que não foram feitos especialmente para o sexo oral podem possuir lubrificantes em sua superfície, que não foram feitos para serem ingeridos em grandes doses.

Essa não é a primeira vez que os internautas propagam desafios imprudentes com preservativos. Em 2015, surgiu uma onda de “youtubers” e pessoas com influência na Internet realizando um desafio que consistia em tentar cobrir toda a cabeça usando uma camisinha, em vez mais uma “brincadeira” que poderia facilmente machucar alguém.

De acordo com a CBS4 o YouTube está trabalhando no sentido de retirar do ar qualquer vídeo que contenha o desafio.

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

Comentários
Carregando...