As baleias jubarte estão planejando dominar o mundo?

7

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

Por Ryan F. Mandelbaum | Gizmodo

Talvez você tenha pensado que o apocalipse viria de uma guerra nuclear ou mudança climática, ou ainda, pela revolta de robôs inteligentes. Mas depois de ler sobre um estranho novo comportamento das baleias jubarte, você pode querer adicionar um golpe cetáceo à sua lista.

Os pesquisadores observaram 22 casos de baleias jubarte reunidas em grupos nunca vistos de 20 a 200 baleias, em três viagens separadas ao largo da costa sudoeste da África do Sul. Os autores do estudo escrevem que tais grandes agregações não foram registradas em viagens de pesquisas anteriores, exceto uma observação de 20 baleias, o que era mais provável um número de grupos menores. As mudanças na presa das baleias, ou em uma população crescente, podem estar conduzindo ao comportamento novo. Ou talvez as baleias estejam conspirando para derrubar a humanidade.

“É bastante incomum vê-las em grupos tão grandes”, disse Gísli Vikingsson, chefe de pesquisa de baleias no Marine and Freshwater Research Institute na Islândia à New Scientist.

Os pesquisadores observaram os hábitos alimentares e migratórios das baleias. Jubartes normalmente se alimentam de krill (uma espécie de camarão minúsculo) nos mares do sul da Antártida durante o verão, em seguida, viajam para o norte para as águas tropicais afim de dar à luz sua prole. Em viagens no outono de 2011, 2014 e 2015, os cientistas observaram novos super-grupos de baleias alimentando-se muito mais ao norte do que esperavam – perto da África do Sul, em vez de perto da Antártida. Eles publicaram seus resultados este mês na revista PLoS One.
Há uma abundância de teorias em torno do surgimento desses grupos. Os pesquisadores sugerem que pode haver mudanças na disponibilidade de presas, ou talvez haja simplesmente mais baleias. Afinal, como o New Scientist relata, os baleeiros dizimaram as populações de jubarte há um século, então talvez este seja um comportamento natural que está voltando à medida que o número de baleias aumenta.

Mas isso é ciência. Até que uma dessas hipóteses seja provada com evidências, a nossa hipótese é igualmente válida: As baleias têm um plano para derrubar a humanidade, recuperar os mares para si e, eventualmente, migrar para a terra e para as belas cidades e fazendas que nós construímos.

Faz sentido. As baleias têm cérebros grandes e complexos. Nós tratamos as baleias cativas como seres incapazes. E talvez eles tenham começado a perceber que os níveis de oxigênio do oceano em queda são, na verdade, culpa daqueles mesmos mamíferos de duas pernas que arpoaram seus avós no passado. O que você acha que aquela baleia estava fazendo no Rio Hudson, em Nova York, há alguns meses? Provavelmente espionando em nome dos exércitos de baleias, planejando o iminente golpe cetáceo.

Veja bem, não estamos dizendo que nossa hipótese é melhor do que a dos pesquisadores de baleias que passaram a vida tentando entender o comportamento desses animais. Estamos apenas dizendo que é melhor montarmos guarda até que alguém possa nos oferecer uma prova definitiva de que as baleias não estão tentando assumir o controle.

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

Comentários
Carregando...