f

Astrofísicos recebem um sinal emitido há 7 bilhões de anos

Uma equipe internacional de astrofísicos descobriu a fonte de alta energia de radiação-gama mais distante conhecida até agora, como publicado na revista “Astronomy & Astrophysics”.

Os cientistas conseguiram capturar a poderoso explosão de raios gama com a ajuda dos telescópios MAGIC e Fermi-LAT. A análise dos dados gravados determinou que sua origem era do “blazar” QSO B0218+357. Os “blazars”são fontes de energia muito compactas e extremamente variáveis, que estão associados a buracos negros no centro de galáxias.

A partir do momento da emissão, a luz do QSO B0218+357 levou mais de 7 bilhões de anos para chegar a nossa galáxia. A idade da Terra é estimada em cerca de 4,5 bilhões anos, o que significa que o sinal foi emitido várias anos antes do surgimento do nosso planeta.

A energia registrada revelou que os fótons de energia tinham entre 65 e 175 giga elétron-volts (GeV), assim permitindo classificar a QSO B0218+357 como uma fonte de alta energia de radiação gama. Os “blazars” são considerados como um dos mais poderosos fenômenos energéticos do universo e são uma questão importante no campo da astronomia extragaláctica. O estudo concluiu que a QSO B0218+357 é a fonte de energia de alta radiação-gama mais distante conhecida até agora.

Você pode gostar também Mais do autor

Comentários

Carregando...