Avião movido a energia solar decola com sucesso

13

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

Um avião movido a energia solar, chamado Solar Impulse, tomou o voo no dia 08 de março, embarcando na primeira etapa histórica de uma viagem planejada ao redor do planeta.

A aeronave, que pode voar sem o uso de qualquer tipo de combustível, decolou de Al Bateen, Aeroporto Executivo em Abu Dhabi, capital dos Emirados Árabes Unidos. O avião irá agora voar cerca de 250 milhas (400 km) em 12 horas para chegar a Omã, disseram autoridades.

Solar Impulse HB-SIA prototype airplane attends his first flight over Payerne

Em seguida, o Solar Impulse fará paradas na Índia, Mianmar e China, antes de cruzar o Oceano Pacífico. O avião irá sobrevoar o território continental dos Estados Unidos. Depois de viajar através do Oceano Atlântico, o avião fará uma escala na Europa e ao norte da África antes de retornar para Abu Dhabi, de acordo com funcionários da empresa.

Se for bem sucedido, o Solar Impulse se tornará o primeiro avião movido a energia solar a circunavegar o globo terrestre. Segundos os pilotos suíços e os co-fundadores André Borschberg e Bertrand Piccard do Solar Impulse, o voo de volta ao mundo provavelmente irá acabar no final de julho ou início de agosto.

Borschberg estava nos controles quando o Solar Impulse decolou de Abu Dhabi , mas ele e Piccard se alternarão pilotando o avião movido a energia solar em cada etapa da viagem fazendo a volta ao mundo.

O Solar Impulse foi projetado para voar durante o dia e a noite sem usar uma única gota de combustível. O avião é alimentado exclusivamente por painéis solares e baterias de bordo que se carregam durante o dia para permitir que o avião ultra-leve continue sua jornada ao longo da noite.

O avião tem uma envergadura de 236 pés (72 metros), e ele pesa apenas £ 5.070 (2,300 kg), ou aproximadamente o mesmo que um carro. As asas do avião estão cobertas com 17 mil células solares que alimentam os sistemas de bordo do avião.

O voo de volta ao mundo foi projetado para demonstrar as possibilidades da tecnologia “verde” e sustentável de energia.

Fonte: LiveScience

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

Comentários
Carregando...