O que acontece quando se é colocado uma bola quente de níquel em cima da espuma floral?

52

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

Você imagina o que poderia acontecer com uma espuma floral (aquela usada umedecida para plantas ou até mesmo para adquirir formas no curso de engenharia e arquitetura) em contato com uma bola de níquel a uma temperatura de aproximadamente 600 graus Celsius?

Esta é a dinâmica do canal do Youtube americano Carsandwater. Ele grava experimentos colocando bolas incandescentes de níquel em vários objetos diferentes, e filma os resultados. Dentre seus vídeos mais famosos, existem experimentos com fogos de artifício, gelatina, celular Nokia (aquele indestrutível, sabe?) e por aí vai.

O níquel (usado nas experiências) é um metal de transição de coloração branco-prateada, condutor de eletricidade e calor, dúctil e maleável porém não pode ser laminado, polido ou forjado facilmente, apresentando certo caráter ferromagnético.

É encontrado em diversos minerais, em meteoritos (formando liga metálica com o ferro) e, em princípio, existe níquel no núcleo da Terra.

É bastante resistente a corrosão. Como revestimento pode ser aplicado por eletrodeposição, ligas e compósitos pelos processos de niquel quimico e aspersão térmica. O metal e algumas de suas ligas metálicas, como o metal Monel, são utilizados para manejar o flúor e alguns fluoretos porque reage com dificuldade com essas substâncias. Outras ligas bastante conhecidas são INCOLOY, INCONEL, HASTELLOYs.

Sobre a espuma floral, o que você acha que acontece? Será que ele cai por dentro da espuma? Escreva nos comentários abaixo antes de ver o vídeo. No player abaixo, você pode ver o experimento com a espuma floral:

Fonte: IFFCG

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

Comentários
Carregando...