Britânico de 44 anos é o primeiro ser humano a ser curado do HIV

16

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

Um britânico de 44 anos que transportava o vírus do vírus da imunodeficiência humana (HIV), tornou-se o primeiro ser humano que tenha alcançado completamente a cura da doença, graças a uma técnica especial para esta finalidade, relata o jornal britânico The Times.

O paciente foi o primeiro de um grupo de 50 pessoas que foram submetidas a um tratamento revolucionário concebido por várias universidades no Reino Unido.

Os últimos testes de laboratório mostram que o vírus não está mais presente no sangue do paciente, mas os médicos querem manter a calma e esperar alguns meses para declarar completamente a cura da doença.

De acordo com esta nova estratégia para combater o vírus, o paciente é inicialmente submetido a uma vacina, de modo que o sistema imunológico adquira a capacidade de detectar células infectadas.

Posteriormente, é usada uma droga que obriga as células passivas a produzirem proteínas, o que as tornam células ativas. Estas células são finalmente localizadas e eliminadas pelo corpo do paciente.

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

Comentários
Carregando...