Calor subterrâneo de Yellowstone derrete uma estrada de asfalto

25

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

Mais um fato inusitado ocorreu no Parque Nacional do super-vulcão de Yellostone nos Estados Unidos, o calor extremo das rochas subterrâneas derreteram instantaneamente os asfalto de uma estrada que corta a área do Parque. O fato ocorreu no dia 09 de julho e fez com que o local fosse interditado, já que as causas ainda eram desconhecidas. Sabe-se que em toda a região estão localizados os mais de 10 mil pequenos pontos quentes, a causa desse fenômeno poderia ter sido em função dos pontos termais.

Estrada derretida

Embora o vulcão esteja ativo – evidenciado pelas estudos das características térmicas e pelos 1.000 à 3.000 terremotos que a região sofre por ano – funcionários do parque não esperam uma erupção catastrófica pelos próximos mil ou mesmo 10 mil anos.
A primeira erupção super vulcânica de Yellowstone aconteceu há 2,1 milhões de anos atrás, e ocorreram outros supererupções pelos 1,3 milhões e 640.000 mil anos atrás.


O parque dispõe de instrumentos que monitoram o vulcão em toda a sua região e, provavelmente as pessoas seriam avisadas com semanas ou até meses de antecedência no caso de ocorrer uma erupção.
Nesse meio tempo é possível desfrutar do parque. As equipes de manutenção rapidamente repararam a estrada e ele novamente foi reaberto aos visitantes no sábado.

Fonte: RoadTrippers, CNN

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

Comentários
Carregando...