China desenvolve o primeiro trem movido a hidrogênio do mundo

43

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

Conhecido como o maior poluidor do mundo, a China pode ganhar um pouco de reputação se tratando da diminuição de emissões de gases como o efeito estufa. Recentemente, houve uma preocupação após os dados obre os impactos negativos das emissões ocorreriam no clima global, e que poderiam ameaçar projetos de infra-estrutura do país, o rendimento das culturas e do meio ambiente.

Embora ainda que o país traça metas para fazer cortes nas emissões de gases, a China está investindo uma grande quantidade substancial em energia verde e foi um dos líderes mundiais na produção de energia renovável em 2013. Eles geram mais energia eólica do que qualquer outro país do mundo e suas contribuições representaram quase 30% de todo o investimento global em energia limpa. Agora, continuando com seu impulso para a evolução de energia limpa, a China anunciou a produção do primeiro trem movido a hidrogênio do mundo.
trem

O veículo foi desenvolvido pela Sifang, subsidiária da China, e sua linha de montagem produzida em Qiangdao, província de Shandong, na semana passada. Embora as células do combustível de hidrogênio ainda é uma novidade, o mesmo é usado para ser testado em vários veículos, incluindo ônibus,  ninguém havia conseguido dominar a tecnologia para trens antes.

“Demorou dois anos para Sifang resolver importantes problemas tecnológicos, com a ajuda de instituições de pesquisa”, disse o engenheiro-chefe Liang Jianying, de acordo com a agência de notícias Xinhua. Mas Liang não deu qualquer indicação de quando o bonde estaria em operação.

Os trens movidos a hidrogênio são um modo atraente de transporte por vários motivos. O hidrogênio é extremamente abundante e pode ser extraído de uma variedade de fontes, tanto renováveis ​​como não renováveis. Além disso, veículos com células do combustível de hidrogênio tem índice zero de emissões, produzindo apenas água. O novo design do veículo também irá ajudar a reduzir os custos de energia de funcionamento, tendo a duração de cerca de 100 quilômetros e levando apenas três minutos para reabastecer.

Confira um vídeo do veículo aqui:

Fonte: IFFCG

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

Comentários
Carregando...