Ciclo da Água

65

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

O site Climatologia Geográfica é um site democrático. Neste artigo, vamos falar sobre o ciclo da água, ou ciclo hidrológico. Antigamente, as pessoas entendiam os fenômenos naturais como obra de seres divinos. Ou seja, se chovia no momento em que as pessoas precisavam irrigar as plantações, os deuses estavam contentes com o povo. No entanto, se algum temporal ou alguma seca assolasse a aldeia, alguém tinha feito algo errado, e era necessário realizar algum sacrifício ou entregar alguma oferenda aos deuses.

Obviamente, não estamos aqui questionando as religiões naturais – que estão em expansão atualmente. Vamos apenas apresentar a explicação científica sobre o porquê a água “some” e por que chove.

O ciclo da água é algo permanente no planeta terra. Começamos a explicação com o processo da evaporação. A água naturalmente evapora em temperatura ambiente. Quanto mais concentração de água temos (como, por exemplo, no oceano), maior será essa evaporação. Essa água em estado gasoso vai subindo ao longo da nossa atmosfera, que por sua vez vai esfriando conforme se afasta da crosta terrestre. Assim, chega-se a um ponto que a água, em estado gasoso, sofre o processo da condensação, quando retorna ao estado líquido e forma as nuvens e a chuva.

Algumas vezes, esse resfriamento da água ocorre muito rápido ou mais intensamente, o que faz com que a água se solidifique. É nesses casos em que temos o granizo e a neve.

A água da chuva retorna à terra e alcança os lençóis freáticos (concentrações de água abaixo da superfície terrestre). Parte da água destes lençóis emerge, formando as nascentes dos rios.

Dessa forma, naturalmente o ciclo se fecha. De todos os desastres naturais que têm acontecido nos últimos tempos, talvez alguns estejam relacionados com a interferência do homem no ciclo natural da água. Percebemos algumas iniciativas tecnológicas para sanar um pouco este problema, como, por exemplo, asfaltos dotados da capacidade de absorver água. Claro que as iniciativas tecnológicas são pontuais, sendo que nada exclui a necessidade de se conscientizar as pessoas sobre as necessidades do planeta.

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

Comentários
Carregando...