CiencTec TV Ep.09 – A Missão Marte 2020

15

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

Depois de mais de 20 anos explorando o planeta Marte, sej apor meio de sondas em sua órbita, seja por meio de rovers ou módulos que pousaram em sua superfície, muito se aprendeu sobre o Planeta Vermelho, principalmente sobre sua geologia, e sobre sua dinâmica. Com esse tipo de estudo, por exemplo, pôde-se constatar que Marte já foi um planeta muito ativo, com vulcões, com imensas inundações que chegaram a devastar regiões inteiras e também foi atingido muito por asteroides, que geraram imensas crateras e moldaram sua superfície.

Nos anos mais recentes, os rovers, Curiosity, Opportunity e Spirit, estudaram o planeta Marte tentando avançar um pouco mais no entendimento desse misterioso e intrigante objeto do nosso Sistema Solar. O objetivo dessas missões mais recentes foi entender se o planeta em algum momento de sua história apresentou as condições favoráveis para o desenvolvimento da vida. E a resposta com base nas evidências encontradas por essa missão, é que sim, Marte teve condições favoráveis para o desenvolvimento da vida.

Mas chegou a hora de darmos um passo mais a frente. E por isso a missão Marte 2020 foi concebida. O principal objetivo da missão Marte 2020 é, pela primeira vez na história, buscar sinais de vida em Marte. Como o Curioisty, a missão Marte 2020 terá a capacidade de coletar e guardar amostras de solo que poderão posteriormente serem enviadas para a Terra por meio de outra missão que pode recuperar essas amostras. Além disso, mais uma vez como o Curiosity, a missão Marte 2020 testará novas tecnologias que poderão ser usadas no futuro por missões robóticas e até mesmo por missões humanas a Marte.

O rover da missão Marte 2020, utiliza toda a mecânica e robótica, construída e testada no Curiosity, com algumas melhorias e atualizações. Entre essas melhorias está o fato de produzir novas rodas, já que as rodas do Curiosity estão sofrendo muito com o terreno acidentado de Marte. Outra melhoria que está sendo estudada, com base nas reclamações de grupos ambientalistas, que alegam que o ser humano cansou de sujar o seu planeta e agora começa a sujar outro, é que ventila-se a possibilidade de que além da pilha radioativa, o rover leve um conjunto de painéis solares que poderão aumentar a longevidade do rover.

As principais etapas da missão Marte 2020 são:

– Lançamento: previsto para ocorrer entre Julho e Agosto de 2020.

– Chegada a Marte: prevista para ocorrer entre Janeiro e Março de 2021.

– Rover de 950 kg irá pousar via SkyCrane (a mesma tecnologia usada pelo Curiosity).

– Missão primária de 669 dias marcianos.

O rover levará uma CPU mais rápida, com maior capacidade de armazenamento, além de já ter tido 17 instrumentos aprovados pela NASA para fazer parte da missão.

No vídeo acima, são descritos esses instrumentos além de uma descrição geral da missão Marte 2020.

Para aqueles que desejam mais informações sobre astronomia e ciências correlatas, por favor, visitem:

www.blog.cienctec.com.br

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

Comentários
Carregando...