Cientista diz que os extraterrestres não nos visitaram porque eles se destruíram

11

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

É improvável que os seres humanos se encontrem com extraterrestres porque qualquer civilização alienígena está destinada a desaparecer logo depois de se desenvolver, estima o físico britânico e apresentador Brian Cox citado pelo Daily Mail.

Avanços científicos que permitam alcançar uma civilização alienígena hipotética tornariam as instituições políticas impossíveis de serem dirigidas, o que levaria a um padrão auto-destrutivo, de acordo com o cientista britânico. Uma civilização inteligente que emprega gases de efeito estufa ou armas nucleares estaria em risco existencial.

Cox referiu-se ao físico italiano Enrico Fermi, que em 1950 fez um paradoxo bem conhecido: a possibilidade de que exista vida inteligente fora do nosso planeta capaz de colonizar a galáxia e da falta de evidência para provar isso.

De acordo com o co-autor de “Universal: Um Guia para o espaço”, uma explicação que iria resolver o paradoxo de Fermi é que não podemos ter a prova da existência de vida extraterrestre, porque isso poderia ter terminado com ela mesma.

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

Comentários
Carregando...