Cientistas brasileiros encontram morcego se alimentando de sangue humano no Nordeste

41

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

Originalmente por Kevin Loria | Business Insider
Traduzido e adaptado por Leonardo Ambrosio.

Vampiros são criaturas que vivem durante a noite, se escondem em caixões durante o dia e se alimentam de sangue humano. Essa história você já conhece, e sabe muito bem que não passa de uma lenda, de um conto fantasioso, não é mesmo?. Bem, pelo menos até agora.

Como você provavelmente também sabe, muitos morcegos, se alimentam de sangue, ao contrário de outros mamíferos, que obtém a nutrição a partir de plantas e da carne de outros animais normalmente menores. Esses animais desenvolveram a capacidade de basear a sua dieta em sangue, e esse é o caso do Diphylla ecaudata, que durante muito tempo foi considerado um especialista na caça de aves – de onde tirava o sangue necessário para sua sobrevivência. Mas as coisas parecem ter mudado.

De acordo com uma pesquisa publicada no Acta Chiropterologica, e relatada primeiramente no New Scientist, esses morcegos começaram a se alimentar de sangue humano – uma prática que os cientistas até então acreditavam que era impossível. E o pior de tudo, para nós, é que isso está acontecendo no Brasil.

O problema é que o Diphylla ecaudata é normalmente encontrado nas caatingas, na região nordeste do nosso país. Entretanto, à medida em que as pessoas estão se mudando para as florestas e caçando as aves que vivem por lá, os morcegos acabaram ficando sem sua fonte principal de alimento. E foi exatamente por isso que um grupo de pesquisadores da Universidade Federal de Pernambuco decidiu testar as fezes dos morcegos para ver o que eles estavam comendo, já que não tinham mais as aves à disposição. A hipótese inicial da equipe é que os morcegos estariam recorrendo aos animais que estavam sendo levados pelos humanos para o local. Mas acabaram por descobrir que os próprios humanos estavam virando o alvo.

A confirmação de que os animais estavam se alimentando a partir de sangue humano (além do sangue de galinhas) veio após análises de DNA. “Nós ficamos muito surpresos. Esta espécie não é adaptada para se alimentar do sangue de mamíferos”, disse Enrico Bernard, que liderou a pesquisa, em entrevista a Sandrine Ceurstemont, do New Scientist. Segundo Ceurstemont, esses morcegos se adaptaram para processar a gordura presente no sangue de pássaros, mas não para lidar com as altas quantidades de proteína encontradas no sangue de mamíferos.

E se o fato de ser atacado por um morcego, por si só, pode ser bastante assustador, acrescente à essa conta o fato de que os morcegos carregam e podem transmitir doenças para os seres humanos. No Nordeste, surtos de raiva já foram registrados por conta de ataques de morcegos.

De acordo com o New Scientist, essa espécie de morcegos que agora se alimenta de sangue humano é conhecida por transportar o fatal hantavírus, o que torna as coisas ainda pior.

Se histórias de vampiros já causavam arrepios em muita gente, imagine agora.

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

Comentários
Carregando...