f

Cientistas criam sistema de levitação com ondas sonoras

Parece ter saído de um filme de ficção científica, mas é real. O “trator sonoro” (como foi apelidado), consegue puxar e empurrar objetos apenas com uma seqüência cronometrada de ondas sonoras que criam uma região de baixa pressão, que então retém pequenos objetos.

Embora isso seja apenas uma demonstração de conceito, a mesma técnica pode ser adaptada para manipular remotamente células dentro do corpo humano.

Levitando objetos

No passado, os cientistas usavam raios lasers ou superfícies supercondutoras para levitar objetos. E em 2014, pesquisadores da Universidade de Dundee, na Escócia, mostraram que as ondas sonoras também podem fazer isto. “A força está em todos os lugares, apenas não sabíamos o que fazer com ela”, explica o engenheiro mecânico, Bruce Drinkwater.

O princípio por trás do novo sistema é simples: As ondas sonoras, que são ondas de alta e baixa pressão, viajam através de um meio como o ar, e assim podem produzir força. “Nós experimentamos a força do som diariamente – se você vai ao um show de rock, por exemplo, você pode sentir o som mexendo sus entranhas”, disse Drinkwater. “É apenas uma questão de saber como aproveitar essa força”, conclui ele.

Para evitar problemas de precisão, onde o objeto possa sair do centro de levitação, os cientistas estão pensando em criar uma zona de baixa pressão que efetivamente neutraliza a gravidade, prendendo o objeto no ar. Se ele se mover para os lados, zonas de maior pressão vão trazer o objeto para seu ponto inicial.

Mas descobrir como fazer isso não é fácil, muitos cálculos tem que ser feitos para uma maior precisão. Veja o vídeo:

Para realizar essa tarefa, a equipe utilizou-se de uma pequena variedade de mini alto-falantes, feita por uma empresa chamada Ultrahaptics. O equipamento produz ondas sonoras sensivelmente cronometradas, que então são usadas para levitar os objetos.  Atualmente, o equipamento só pode levitar bolas de isopor – para que o sistema seja útil, a equipe terá que miniaturiza-lo – e no final a medicina poderá utilizá-lo. [MNN]

Você pode gostar também Mais do autor

Comentários

Carregando...