Cientistas descobrem as peças de roupas do homem de gelo

42

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

Uma equipe europeia de geneticistas descobriu que as roupas de Ötzi, a múmia da Idade do Bronze encontrada em 1991 nos Alpes italianos, foi desenhada com as peles de vários animais, de acordo com um estudo publicado na revista Scientific Reports. Hoje as roupas não teriam sido muito bem tratadas em redes sociais por defensores dos animais selvagens.

As peças de Ötzi horrorizam defensores dos animais: o “homem de gelo” usava um chapéu de pele de urso, um casaco de couro de ovelha e cabra, calças também feitas com pele de cabra. E os seus “sapatos” estavam cheios de feno e para moldá-los foram usados ligamentos de vacas.

Estas foram algumas das roupas que Ötzi usava no momento da sua morte, há 5.300 anos atrás. Como se isso não fosse suficiente, os pesquisadores também descobriram flechas feitas de pele de veado.

Analisamos o DNA mitocondrial de nove peças de couro e cinco espécies de animais diferentes foram identificados”, explicaram os autores do estudo.

Estudos anteriores haviam ligado a múmia com a atividade agropastoril, mas agora os cientistas acreditam que estas peças de vestuário e as flechas fornecem provas de que ele se dedicava a caça de animais silvestres. [Scientific Reports]

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

Comentários
Carregando...