Cientistas encontram evidências de um novo estado de consciência

Originalmente por David Nield | ScienceAlert
Traduzido e adaptado por Leonardo Ambrosio.

Uma pesquisa recente realizada por cientistas da Universidade de Sussex, no Reino Unido, indica que talvez os seres humanos sejam capazes de atingir níveis mais elevados de consciência. Essa constatação se deu após os pesquisadores perceberem aumentos na diversidade de sinais neurais em pessoas sob efeito de drogas psicodélicas. A diversidade dos sinais neurais é normalmente encarada como um indício de que algo de diferente está acontecendo no cérebro.

Para exemplificar melhor: quando nós estamos realizando acordados, a diversidade dos sinais é muito maior do que quando estamos dormindo. Então, de acordo com o ScienceAlert, esta nova descoberta pode servir como evidência de que existe um “novo” estado mental possível de ser alcançado pelo nosso cérebro.

“As descobertas mostram que o cérebro sob efeito de drogas psicodélicas age de forma diferente em relação a seu comportamento normal”, explicou Anil Seth, que fez parte do estudo. Os autores dizem que esta é a primeira vez que se registra uma diversidade nos sinais neurais sem ser na relação “desperto x adormecido”. Anil Seth explica que durante o efeito das drogas, a atividade cerebral é mais difícil de ser prevista, além de ser menos “integrada” do que quando estamos completamente “limpos” e acordados.

Análise de pesquisas anteriores realizadas no Reino Unido indica a existência de um estado de consciência até então desconhecido. / Foto: aboutmodafinil.com

No novo estudo, foram reanalisados dados de pesquisas anteriores, realizadas pelo Imperial College London, e a Universidade de Cardiff, no País de Gales. Nas referidas pesquisas, participantes voluntários receberam doses de psilocibina, cetamina ou LSD. Os resultados mostraram que qualquer uma das três drogas fazia com que a atividade cerebral apresentasse maior diversidade de sinais neurais.

Os pesquisadores ressaltam, no entanto, que de forma alguma estão dizendo que esse novo estado de consciência é positivo, ou que devemos usar drogas psicodélicas – e sim, estão sugerindo que algo diferente acontece com nosso cérebro nesses casos. Segundo os cientistas, os resultados da pesquisa podem, ocasionalmente, ajudar no desenvolvimento de medicamentos para controlar condições mentais como a depressão.

Além disso, conforme ressalta o ScienceAlert, as descobertas podem nos ajudar a entender como as alucinações provenientes do uso de drogas se formam, bem como por qual motivo o uso de drogas às vezes provoca uma intensificação da criatividade.

A pesquisa foi publicada no Scientific Reports.

Comentários
Carregando...