f

Cientistas encontram nova fonte significativa de gases de efeito estufa

Um dos fatores que mais estimulam a humanidade a juntar esforços para combater as mudanças climáticas é a grande quantidade de estatísticas que mostram o excesso de poluição e gases de efeito estufa que estão na atmosfera nesse momento. Mas verifica-se que estas estatísticas podem estar erradas – há ainda mais gases de efeito estufa liberados pelos homens do que pensávamos anteriormente. Isso porque os cientistas descobriram uma nova fonte desses gases – represas e reservatórios.

Um novo estudo determinou que essas fontes de água potável e energia hidroelétrica estão contribuindo significativamente para a quantidade de metano lançada na atmosfera.

De acordo com pesquisadores do estado de Washington, nos EUA, o metano lançado pelas barragens e reservatórios é equivalente a cerca de 1 gigatonelada de dióxido de carbono por ano – 1,3% de todos os gases causadores de efeito estufa produzidos pelos seres humanos.

Essa descoberta foi feita depois que os pesquisadores analisaram 200 estudos anteriores sobre emissões de 267 barragens e reservatórios ao redor do mundo.

Sigurd R / Flickr

Mas como os corpos de água liberam metano? Bem, quando você inunda uma área para fazer um reservatório, você prende material orgânico embaixo da água. A partir daí, minúsculos microorganismos começam a se alimentar desse material orgânico, produzindo bolhas de metano. Adicione isso ao material orgânico depositado pelos rios de água doce que alimentam esses reservatórios. Cerca de 80% do gás é metano, enquanto 17% é dióxido de carbono, e o resto é óxido nitroso.

Isso significa que devemos parar de construir barragens? Na verdade não. Barragens e reservatórios também são ‘ralos’ de dióxido de carbono e outros gases de efeito estufa, mas o estudo não foi capaz de determinar as proporções entre emissões e absorção desses gases.

Mas isso significa que devemos ser um pouco mais cautelosos ao optar pelas barragens e reservatórios. A maior parte do marco de 100% de energia renovável por parte da Costa Rica, por exemplo, se deu pela energia hidráulica, e outros países também estão seguindo esse exemplo.

No entanto, só isso não resolve nossos problemas. No fim das contas, devemos olhar para um conjunto de soluções que possam resolver a crise energética internacional.

Originalmente por Jelor Gallego | Futurism

Você pode gostar também Mais do autor

Comentários

Carregando...