Cientistas estão procurando roedor que se pensava estar extinto há 100 anos

12

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

Imagine que você é um cientista e você está na Reserva Natural El Dorado, na Colômbia, um dos locais de maior diversidade biológica do mundo. Você olha para o lado e ver um roedor de uma espécie de cor avermelhada. Aí logo você percebe que você está olhando para um animal que só foi visto apenas duas vezes há um século atrás.

Isto aconteceu com um casal de biólogos no dia 4 de maio de 2011, quando uma rara espécie de roedor decidiu que uma grade de madeira era um lugar agradável para relaxar por algumas horas. A observação feita pelo casal foi notícia em todo o mundo, mas os esforços para encontrar mais espécimes da espécie, terminaram sem sucesso.

Mas tudo isso pode mudar. O Biólogo Nikki Roach tentará encontrar e estudar um pouco sobre a vida desse animal. “Nós estaremos procurando ele através da realização de pesquisa noturnas em toda a reserva El Dorado. Nós também tentaremos armar armadilhas fotográficas novamente”, disse o biólogo.

O conhecimento ecológico local é a chave quando se olha para determinadas espécies, já que utilizando o que as pessoas que vivem e trabalham na área já sabem, pode ajudar na direção que devem olhar. A desvantagem dessa abordagem é que há uma boa quantidade de rumores e falsas aparições.

“Embora não tenhamos encontrado o roedor ainda, eu tenho esperanças. Conheci colombianos que viram ele, e para uma espécie que permaneceu escondida por mais de 100 anos, eu tomo isso como um bom sinal”, diz Roach. [MNN]

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

Comentários
Carregando...