Descoberta arqueológica confirma relatos da Bíblia

18

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

Arqueólogos israelenses descobriram em Tel Lakhish um santuário e um portão da cidade, com 2.900 anos de idade, que confirmam o relato bíblico do Rei Ezequias, relata a revista Live Science..

De acordo com a Autoridade de Antiguidades de Israel (IAA significa), a porta e o santuário são a prova das medidas tomadas por Ezequias, o décimo segundo rei da Judéia, para abolir as divindades. Nas palavras da Bíblia, Ezequias, cujo reinado remonta ao século VIII a.C., “removeu os altares, quebrou as pedras sagradas e quebrou as imagens da deusa Asherah”.

A porta está em uma área de 24,5 por 24,5 metros de tamanho, com seis câmeras e na rua principal da cidade. A seção norte do portão foi escavada décadas atrás por uma expedição liderada por arqueólogos do Reino Unido e da Universidade de Tel Aviv. A última escavação, realizada este ano, tem objetivo de encontrar a porta completa.

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

Comentários
Carregando...