É assim que a terapia de realidade virtual ajuda a curar os medos mais comuns do ser humano

111

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

A Terapia de Realidade Virtual (RV) pode ajudar as pessoas expondo-as gradualmente aos seus maiores medos. Essa tecnologia está ganhando cada vez mais popularidade após 20 anos de pesquisa porque o equipamento é leve e acessível.

Com os avanços tecnológicos feitos pela indústria dos videogames, todos aqueles que desejam superar o medo de voar, de altura, de insetos ou até de cães podem finalmente buscar ajuda nos consultórios dos terapeutas.

Especialistas observaram que pessoas com fobias leves poder ser capazes de superar o medo em sua própria casa. Os pesquisadores também concluíram que a terapia de RV pode ser bem vantajosa na vida real das pessoas que sofrem de fobias e também funciona exatamente como a terapia de exposição tradicional, que lentamente submete os pacientes ao que causa as suas ansiedades e seus medos.

O grande problema é que poucas pessoas com fobias pedem ajuda, provavelmente por sentirem vergonha. A maioria das pessoas moldam suas vidas em torno desses medos.

Dick Tracey não precisou visitar um prédio alto para superar seu medo de altura. Ele apenas colocou um óculos e um fone para simular a realidade. Através da RV, ele subiu de um elevador até um átrio alto que parecia tão real que ele acabou caindo de joelhos.

“Eu precisava procurar algo sólido com as mãos ao meu redor”, disse.

Logo após, ele disse a si mesmo: “Eu devo parecer estúpido. Vou apenas ficar de pé. Nada vai acontecer”.

A terapia RV de Tracey foi parte de um estudo: ele foi um dos primeiros a experimentar um mundo de realidade virtual com um treinador virtual animado. O programa foi desenvolvido por Daniel Freeman, professor de psicologia na Universidade de Oxford. A equipe de Freeman agora está trabalhando em um mundo VR onde pessoas com esquizofrenia podem experimentar a situação de estar em um bar, elevador ou até em uma loja.

O grande problema é que poucas pessoas com fobias pedem ajuda, provavelmente por sentirem vergonha. A maioria das pessoas moldam suas vidas em torno desses medos.

Como funciona a realidade virtual (RV)?

Você usa um capacete e se sentirá imerso em um ambiente interativo e tridimensional específico: olhando para cima, você verá o céu, para baixo o chão e até pode enxergar as suas mãos e seus pés em 3D. A terapia de exposição gradualmente vai expondo o paciente aos seus maiores medos, de modo que um terapeuta pode acompanhar uma pessoa que tem medo da altura em um prédio alto.

Com a RV, o paciente aprende a se sentir seguro, por exemplo, em uma sacada virtual alta, dentro de um avião, etc. sem sair do consultório do terapeuta, diminuindo cada vez mais o nível do medo. Superando suas fobias, as pessoas aprendem que esses sentimentos podem ser tolerados e abolidos.

Os estudos sobre terapia de RV são pequenos, até agora eles foram realizados em menos de 100 pacientes.

Agora, a terapia começa a ser cada vez mais difundida e realizada em casa pela Internet, um modo que ainda não foi estudado.

Um dia, as crianças poderão utilizar a realidade virtual para superar as angústias e ansiedades relacionadas ao ambiente escolar.

Por exemplo em um cenário de RV que reproduz a sala de aula e um professor com uma folha de uma prova exibindo notas baixas.

Os especialistas apóiam a necessidade de mostrar que os benefícios do tratamento superam os custos, que podem chegar a US $ 200 por sessão em alguns consultórios.

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

Comentários
Carregando...