É assim que um raio se parece quando visto a 7.000 frames por segundo

24

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

Este vídeo incrível, filmado no dia 20 de maio pelo físico Ningyu Liu, do Instituto de Tecnologia da Flórida, mostra um raio registrado com 7.000 frames por segundo – o que significa que é lento o suficiente para nós contemplarmos cada detalhe. Veja:

 
Bom, o raio é basicamente uma avalanche de elétrons que começa dentro das nuvens. Os pesquisadores ainda estão, na verdade, debatendo como realmente ocorre essa avalanche, e a razão mais comumente citada é que as condições dos ventos turbulentos afetam na tempestade de elétrons positivos e negativos. Isso permite que um campo elétrico se forme entre a nuvem e o solo.

Quando essas condições estiverem favoráveis, um pequeno canal negativo emerge da nuvem, e neste momento que surge o primeiro raio, que você não pode realmente ver porque é muito fraco. Ele então começa a ir para baixo em direção ao chão através de uma série de passos. A cada passo, o primeiro raio vai estar sempre procurando uma maneira de viajar para o chão. Quando ele chega perto, ele força todos os elétrons do solo a se acumular.

Uma vez que esta pilha de elétrons positivos cresce grande o suficiente, eles se atiram para cima. Através deste canal, os elétrons negativos podem fluir para o chão e uma onda de corrente elétrica vai vim até o feixe, causando uma explosão de luz. [ScienceAlert]

 

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

Comentários
Carregando...