f

Emissão de dióxido de carbono bate recorde, segundo ONU

Organização Meteorológica Mundial (OMM), órgão da Organização das Nações Unidas (ONU) para o clima, divulgou um relatório alarmante sobre as emissões de dióxido de carbono na atmosfera. O documento mostrou que as emissões do principal agente causador do efeito estufa estão aumentando ano a ano, desde 1984, chegando, no passado, ao nível de 400 partes por milhão (ppm). Os pesquisadores apontam que esse número havia sido alcançado, primeiramente, nos países do hemisfério norte. Mas, que no inicio de 2015 seria uma realidade global.

A maior incidência de CO2 é consequência do agravamento das emissões de vapor de água, que sobem devido ao constante lançamento do dióxido na atmosfera. Os percentuais de metano e óxido nitroso, que também são gases que agravam o efeito estufa também foram incrementados, alcançando a marca de 1.833 partes por bilhão (ppb) e 327,1 ppb, respectivamente. As consequências das mudanças climáticas poderão ter impacto forte sobre a economia, principalmente nas regiões mais pobres do planeta. De acordo com o Banco Mundial, nesses lugares, os efeitos recaíram diretamente sobre os preços dos alimentos, afetando populações que atualmente já enfrentam escassez de comida e água. O Documento ainda ressalta que muito pouco poderá ser feito na tentativa de impedir que esse cenário se concretize até o ano de 2030. O agravamento das emissões desses gases, no futuro, além de consequências econômicas, podem provocar fenômenos meteorológicos de grandes proporções, elevação dos níveis dos oceanos, com inundações e aumento da acidez da água dos mares. Para se ter ideia, cidades costeiras importantes estariam ameaçadas de serem inundadas por consequência do aumento da temperatura global.

Temperatura Global poderá elevar 2 graus, até 2030.
Temperatura Global poderá elevar 2 graus, até 2030.

Em dezembro, chefes de estados de mais de 150 países estarão reunidos em Paris, na França, para a COP-21, a Conferência das Nações Unidas para alterações climáticas. A conferência tenta buscar um acordo entre nações na tentativa de reduzir as emissões de gases estufa na atmosfera. A intenção é reduzir ou frear o aumento da temperatura global, que pode ser de até dois graus centigrados. Durante o evento, estarão presentes representantes dos países que mais poluem a atmosfera com dióxido de carbono, China e Estados Unidos, que pretendem divulgar ações para reduzir suas emissões até 2020.

A OMM ressaltou a necessidade de todos os países fazerem o que for possível para a redução dos gases estufa na atmosfera. Principalmente aqueles que são produtos da queima de combustíveis fósseis, do desmatamento de florestas e áreas verdes, do desenvolvimento das atividades agropecuárias e da produção de cimento. [ONU]

Você pode gostar também Mais do autor

Comentários

Carregando...