Encontraram no Ártico um lendário barco afundado de 170 anos

21

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

No último 3 de setembro cientistas encontraram no Ártico canadense o HMS Terror, o segundo navio de uma expedição polar britânica que afundou 168 anos atrás, informa o jornal ‘The Guardian’. A descoberta ocorreu perto da ilha do Rei Guilherme, no território autônomo de Nunavut. O local do naufrágio se encontra a 96 quilômetros ao sul do local onde, segundo os especialistas acreditaram durante muito tempo, o navio foi esmagado pelo gelo.

Entramos com sucesso na sala, avançamos através de algumas cabines e encontramos o quarto de armazenamento com pratos de comida e uma lata nas prateleiras. Vimos duas garrafas de vinho, mesas e prateleiras vazias. Encontramos uma mesa com gavetas abertas com algo em um canto do fundo da gaveta”, disse Adrian Schimnowski, diretor de operações da Fundação de Pesquisa do Ártico.

O HMS Terror, que está em boas condições, foi um dos dois barcos que formavam a expedição liderada pela explorador polar britânico Sir John Franklin. A expedição tinha como objetivo cruzar a última etapa da Passagem do Noroeste, ainda inexplorado. O primeiro navio da expedição, identificado como Erebus, foi localizado em 2014. [The Guardian]

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

Comentários
Carregando...