Este lobo robô está protegendo fazendas japonesas

38

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

Nos últimos oito meses, as fazendas perto da cidade de Kisarazu, no Japão, foram o lar de um lobo robótico horrível. Mas não se preocupe, não foi criado para aterrorizar os moradores locais (embora, pela aparência da coisa, provavelmente tenha acontecido). Seu nome oficial é “Super Monster Wolf”, e os engenheiros o projetaram para impedir que os animais comessem as plantações dos agricultores.

Na verdade, a história do robô lobo é mais do que triste. Os lobos foram extintos no Japão no início de 1800. A causa? Uma campanha de erradicação patrocinada pelo Estado. Agora, partes do Japão são invadidas com cervos e javali. Eles adoram se deliciar com as plantações de arroz e castanha dos fazendeiros. Obviamente, os agricultores não gostam disso. Avançando 200 anos, os humanos criam um lobo robótico para substituir as espécies que mataram.

Mas há algo de bom aqui. O primeiro julgamento oficial do lobo robô acabou e foi um sucesso estrondoso. Na verdade, foi um sucesso tão grande que o lobo está entrando em produção em massa no mês que vem.

Em última análise, os testes revelaram que o lobo tem um raio efetivo de apenas cerca de um quilômetro, tornando-o mais eficaz do que uma cerca elétrica, disse Chihiko Umezawa, da Cooperativa Agrícola do Japão. Alguma coisa além disso? É preciso investir em alguns, porque atualmente o lobo é imóvel.

Ainda está interessado em algo melhor do que um espantalho tradicional? Se você quer ter o próprio robô lobo, você pode comprar um por cerca de 4.800 dólares. O preço é alto; no entanto, a empresa tem opções de locação mensal mais acessíveis. Claro, teria sido muito mais barato simplesmente não erradicar uma espécie inteira, mas é um pouco tarde para isso.

A besta mede cerca de 65 centímetros de comprimento, o que é aproximadamente do mesmo tamanho de um lobo real. Ele também tem tufos de cabelos desengonçados e um impressionante conjunto de presas brancas. Utiliza baterias solares recarregáveis ​​para se sustentar e detecta intrusos com o seu sensor de raios infravermelhos.

Uma vez que o robô lobo detecta uma criatura próxima, ele usa uma ampla gama de sons, incluindo um tiro, um uivo e uma voz humana, para espantar o possível invasor. É claro que qualquer humano que tenha a infelicidade de tropeçar na vizinhança provavelmente também se assusta com barulhos de tiros, mas este é o preço que pagamos pelas conveniências modernas.

Traduzido e adaptado de Futurism.

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

Comentários
Carregando...