Facebook planeja uma alternativa ao botão de ‘Curtir’

11

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

Aquela que talvez seja a maior reivindicação dos usuários do Facebook atualmente está prestes a ser atendida – um botão de ‘não curti’ (dislike).

No entanto, apesar de garantir esforços nesse sentido, o CEO do Facebook Mark Zuckerberg disse que a empresa não está desenvolvendo de fato um botão para criticar a postagem, e sim para demonstrar empatia. Isso quer dizer, em outras palavras, que você não vai mais precisar clicar em ‘curtir’ para se engajar em uma publicação que trata de um assunto lamentável, como guerras, desastres e acidentes. Atualmente, você pode apenas manifestar que achou algum conteúdo interessante, legal, engraçado ou divertido, mas não o contrário. Quando quer demonstrar comoção por alguma notícia, por exemplo, a palavra ‘curtir’ pode não ser a mais adequada.

“Nem sempre é um bom momento (para curtir), não é? E se você está compartilhando algo triste, que causa comoção, talvez você não queira curtir essa postagem. Mas seus amigos podem ter interesse em expressar que eles entendem e pensam como você”, disse Mark.

mark

O Facebook ainda não deixou claro como o novo botão irá se chamar, qual símbolo será utilizado, mas provavelmente não irá se tratar de um dedão para baixo – já que a ideia não é criticar.

Ainda não existe data prevista para o lançento desta nova função, e Mark diz que esse é um trabalho muito mais difícil do que aparenta, já que demanda uma série de mudanças nos algoritmos que a rede social utiliza para classiicar as postagens.

Mark deixou extremamente claro que a ideia do Facebook não é de maneira alguma criar um botão que simplesmente ‘detone’ algum tipo de publicação.

“Nós não queremos criar um botão de ‘dislike’ porque não queremos transformar o Facebook em um fórum onde as pessoas votem positivo ou negativo nas publicações dos outros. Você não vai querer por uma situação onde você compartilha algo importante para o seu dia e, de repente, alguém simplesmente negativa sua postagem. Não é isso que queremos construir no mundo”, explicou o CEO da empresa.

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

Comentários
Carregando...