Artigos científicos, notícias e muito mais.

Google pretende enviar celulares em balões para Porto Rico

Com informações de ScienceAlert

Após a devastação causada pelo furacão Maria em Porto Rico, mais de 75% das torres que distribuem o sinal para telefones celulares estão fora de funcionamento. Além disso, a energia elétrica não foi totalmente reestabelecida no país. Em meio a esses problemas de infraestrutura, a Google planeja (e já está autorizada a) distribuir celulares para uso durante emergência, através de balões inflados com gás hélio.

O projeto ‘Loon’ já foi autorizado pelos órgãos competentes, e a empresa estadunidense poderá oferecer coberta a Porto Rico até 4 de abril de 2018, de acordo com o plano. A ideia é levar, através de balões, celulares até residentes e até mesmo membros do governo que precisem realizar ligações de emergência, ou para contatar familiares e amigos.

A espectativa é de que a iniciativa possa permitir que o país reestabeleça a comunicação com o mundo exterior após o desastre. Não há, no entanto, um número exato e confirmado de balões que e aparelhos que serão disponiblizados para Porto Rico.

A Google, através do laboratório Alphabet X, afirma que parecerias com companhias de telecomunicação locais são cruciais para o sucesso do projeto, ainda que as companhias possam não ter muito a oferecer para a empresa nesse momento, por conta dos transtornos causados pelo furacão.

“Para levar o sinal até os aparelhos, o Loon precisa estar integrado com uma rede de parceiros de telecomunicação – os balões não podem fazer isso sozinhos. Estamos fazendo progessos sólidos nesse sentido, e gostaríamos de agradecer todos os que estão ajudando”, disse o laboratório, em um comunicado.

A iniciativa é aguardada com bastante esperança pelos 3,5 milhões de habitantes do país, que sofrem com o rastro de destruição deixado pelos fenômenos naturais das últimas semanas.

Comentários
Carregando...