Artigos científicos, notícias e muito mais.

Primeira gravura Neandertal é uma “hashtag”

Jogo da velha da Idade da Pedra ou ou gravura Neandertal mais antiga da qual temos conhecimento, ninguém pode dizer. Mas se pode afirmar com segurança que tais arranhões foram feitos propositalmente pelo homem de Neandertal e que já se fazem mais de 40 mil anos.

As gravuras foram descobertas por Clive Finlayson, do museu de Gibraltar, e seus colegas, no chão da caverna de Gorham, na costa Leste de Gibraltar. A caverna foi habitada pelo homem de Neandertal há milhares de anos e a camada de argila existente em cima da gravura Neandertal indicam que ela tenha pelo menos 39 mil anos.

Os pesquisadores acreditavam que essa inovação cultural sugeriu que havia diferenças marcantes entre os neandertais e os humanos modernos. No entanto, o fato de que os Neandertais criaram as mesmas representações sugere o contrário.

A maioria dos especialistas contatados pela revista New Scientist estavam de acordo em relação ao tempo e ao fato de se tratar de uma gravura Neandertal legítima.

Parece bastante claro que a gravura Neandertal foi feita de forma proposital. O colega de Finlayson, Francesco d’Errico, da Universidade de Bordeaux, na França, realizou alguns experimentos para constatar se os traços não foram feitos ao acaso pelo Neandertal. Usando dois tipos de pedra Neandertal para fazer os traços e como “tela” uma laje de pedra idêntica ao chão da caverna, ele precisou fazer mais de 100 traços para reproduzir o padrão de forma exata.

Neanderthal rock engraving from Gorham’s Cave, Gibraltar.

d’Errico também tentou cortar um pedaço de carne fazendo o uso de pedras, como eram feitos pelos Neandertais, visando saber se os traços não poderiam ser fruto disso, mas a ideia foi descartada de forma rápida.  “Todas as vezes que você corta sobre a carne, o traço sai de uma forma diferente”, diz ele. “Você tem uma dispersão de linhas em todas as direções.”

De acordo com a equipe, a única conclusão é que as linhas foram feitas de forma deliberada. “O padrão foi feito claramente de forma proposital, e não em uma atividade utilitária. Havia uma vontade de produzir um padrão abstrato”, é afirmado por d’Errico.

A surpreendente descoberta não é a única do gênero. Recentemente descobriu-se que Neandertais usavam colares de conchas furadas e pintadas e penas, e não é descartada a hipótese de que enterravam os seus mortos.

Fontes:

New Scientist

Science World Report

Comentários
Carregando...