Homem pode ter sido morto por meteorito na Índia

11

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

As autoridades locais do estado indiano de Tamil Nadu estão investigando se a morte de um homem em um campus universitário, no fim de semana, foi o resultado da queda de um meteorito. Uma explosão na Faculdade de Engenharia de Bharathidasan deixou uma cratera no chão e explodiu janelas de vidro em edifícios próximos. Um motorista de ônibus, que estava parado perto do local faleceu; uma série de outros, incluindo um jardineiro e um estudante, ficaram feridos.

160208115215-tamil-nadu-meteorite-scene-exlarge-169

Após os pesquisadores não encontrarem quaisquer evidências de explosivos, alguns concluíram que a causa da explosão poderia ter sido extraterrestre. Segundo relatos, uma rocha azul na forma de um diamante foi encontrada perto do local. Isso levou a uma declaração da ministra-chefe, Jayalalithaa Jayaram:

“Um meteorito caiu dentro das instalações da faculdade”, disse Jayalalithaa. “A vítima, V. Kamaraj, sofreu ferimentos graves e morreu enquanto estava a caminho do hospital”, disse ela. O governo pagou a sua família uma compensação de $1.471. A última morte humana registrada por um meteorito foi em 1825, de acordo com uma lista mantida pela International Comet Quarterly. Isso também foi na Índia.

Em 1954, uma mulher do Alabama ficou ferida quando um meteorito caiu no telhado de sua casa. Outros funcionários do governo indiano estão sendo mais cautelosos sobre o incidente em Tamil Nadu. “Quando evidências de material explosivo forem encontradas, acreditaremos que de fato foi um meteorito”, disse um funcionário do distrito local para a Reuters. “Não está confirmado ainda – amostras precisam ser analisadas”.

Uma equipe de pesquisadores do Instituto Indiano de Astrofísica irá visitar e estudar o local na terça-feira. Sujan Sengupta, professor adjunto no instituto, disse ao Wall Street Journal que “é muito pequena a possibilidade de um pequeno meteorito cair no chão” e prejudicar alguém.

“Se um asteróide maior entrar na atmosfera da Terra, ele vai se desintegrar e viajar em direções diferentes, e como a maior parte da superfície da Terra é coberta por água, provavelmente ele cairia no oceano”, acrescentou.

O último grande caso de uma rocha espacial que caiu em terra ocorreu em 2013, quando um grande meteorito explodiu sobre a região russa de Chelyabinsk, causando inúmeros feridos, mas nenhuma fatalidade.

[WashingtonPost]

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

Comentários
Carregando...