Lagos assassinos foram descobertos dentro dos oceanos

76

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

Os cientistas descobriram uma espécie de lago no Golfo do México, onde todos que entram nele sofrem horrivelmente. Erik Cordes, professor de biologia da Universidade de Temple, têm pesquisado sobre a piscina e descreveu suas descobertas na revista Oceanografia.
“Foi uma das coisas mais incríveis no mar que já vi. Você desce para o fundo do oceano e você está olhando para um lago ou um rio que flui. Parece que você não está neste mundo”, disse Cordes. A água do “lago dentro do mar” é cerca de cinco vezes mais salgada que a água que o rodeia. Ele também contém concentrações altamente tóxicas de metano e sulfureto de hidrogênio e, portanto, não se pode misturar com o mar circundante.

Para os animais (e pessoas) que nadarem nele, essas concentrações tóxicas podem ser mortais. Por lá só existe vida bacteriana, vermes tubulares e camarões – os únicos seres vivos que podem sobreviver nessas circunstâncias. Para os cientistas, este lago é ideal para fazer pesquisas. Eles podem explorar como certos organismos podem sobreviver em habitats extremos.

“Há um monte de gente olhando para estes habitats extremos na Terra como modelos para o que podemos descobrir quando formos para outros planetas”, disse Cordes. [ScienceAlert]

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

Comentários
Carregando...