Localização de trovoadas em fenômenos de escala Sinótica

Conheça mais sobre os fenômenos mais estudados pela meteorologia
34

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

Sabendo-se que as trovoadas se desenvolvem muito rapidamente, embutidas em outros fenômenos meteorológicos, é importante identificar as regiões onde elas podem aparecer e desenvolver com mais facilidade. As observações desses fenômenos em escala sinótica, são úteis para identificar as regiões com melhores condições para produzir as trovoadas mais intensas. A identificação e a análise cuidadosa de um sistema frontal, da corrente de jato, do ciclone extratropical, da zona de convergência intertropical (ZCIT), da zona de convergência do Atlântico Sul (ZCAS), do vórtice ciclônico dos altos níveis (VCAN) e do ciclone tropical contribuem para localizar as possíveis áreas já formadas ou que possibilitaram o aparecimento das nuvens cumulunimbus, diretamente responsáveis pelas trovoadas e todas as suas consequencias. O monitoramento cuidadoso das trovoadas dentro dessas regiões, em menor escala, permitirá uma previsão rígida do tempo severo, que normalmente a trovoada provoca.

Bibliografia:

Citação: Ferreira, Arthur Gonçalves Meteorologia Prática — São Paulo: Oficina de Textos, 2006. p112-113

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

Comentários
Carregando...