Maior tempestade solar da década proporciona espetáculo na Islândia

Em 2015, ocorreu a maior tempestade solar já observada nos últimos 10 anos. Em 17 de Março, Henry Jun Wah Lee, que é fascinado pela natureza, estava na Islândia e, por ironia do destino, conseguiu capturar imagens da aurora boreal decorrente do evento.

A aurora boreal ocorre em decorrência da ionização das partículas que circundam o planeta pela radiação solar. Com isso, os elétrons das partículas sofrem perturbações em seus orbitais, liberando energia em forma de luz. Normalmente, o que se percebe são apenas colorações esverdeadas, tanto pela ionização dos átomos de oxigênio quanto pela altitude que eles estão. Podemos perceber, entretanto, que aparecem, no vídeo, colorações aproximadas do vermelho, o que indica e enfatiza a magnitude da tempestade. Isso é consequência da mesma ionização, porém, agora, em átomos de nitrogênio em uma menor altitude.

Comentários
Carregando...