Nasa divulga novas imagens da misteriosa mancha brilhante em Ceres

17

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

A NASA lançou esta semana novas imagens deslumbrantes dos pontos brilhantes misteriosos sobre o planeta anão Ceres – porém ainda não estamos perto de descobrir o que são os pontos.

As imagens foram tiradas pela sonda Dawn a uma altura de 1.470 quilômetros acima da superfície do planeta anão. A resolução em si tem cerca de três vezes melhor definição do que as imagens anteriores recebidas em junho, com cerca de 140 metros por pixel.

Os pontos brilhantes que podem ser vistos na imagem (embora existam outros em Ceres) estão localizados na cratera Occator, com aproximadamente 1,6 km de extensão. As manchas são tão brilhantes que a única maneira de vê-los era combinar duas imagens – uma exposta corretamente para a superfície, e uma exposta para os próprios pontos.

“A Sonda Dawn transformou o que eram recentemente alguns pontos brilhantes em uma paisagem complexa, bonita e brilhante”, disse Marc Rayman, engenheiro e diretor chefe de missão da Dawn no Jet Propulsion Laboratory da NASA em Pasadena, Califórnia, em um comunicado. “Logo, a análise científica vai revelar a natureza geológica e química deste cenário extraterrestre misterioso e fascinante.”

Algumas teorias para a identidade das manchas brilhantes são numeradas, mas as hipóteses mais favoráveis para o momento sugerem que o brilho seja por conta de uma camada de gelo ou sal expostas na superfície, possivelmente por um impacto. Como a Dawn estará chegando mais perto nos próximos meses, as imagens irão ficar com maior nitidez e melhores, tendo assim uma conclusão com maior eficácia.

Em sua órbita atual, a Sonda Dawn irá mapear a totalidade do planeta anão Ceres seis vezes ao longo de dois meses. Imagens do planeta anão em diferentes ângulos também permitirão aos cientistas criar mapas 3D da superfície. O vídeo abaixo mostra uma animação criada usando esta técnica, revelando a topografia da cratera Occator.

Mas, por enquanto, o mistério do que formaram os pontos brilhantes permanece.

Fonte: IFFCG

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

Comentários
Carregando...