Mergulhando para a Terra: Carga com mantimentos para a ISS está fora de controle

A nave russa projetada para transportar suprimentos para a Estação Espacial Internacional (ISS), está girando fora de controle enquanto orbita o Planeta Terra. O navio de carga Progress M-27M – que felizmente era uma nave não tripulada, foi lançada a partir do Cazaquistão na quarta-feira, mas logo depois as coisas rapidamente começaram a dar errado.

A menos que o controle da nave espacial seja recuperado, ela irá “mergulhar” de volta para a Terra em uma reentrada descontrolada. Podemos estar prestes a presenciar partes do navio de carga que iria para a Estação Espacial Internacional queimando na reentrada com a atmosfera

A espaçonave Progress têm sido regularmente usado para transportar suprimentos para a Estações Espacial desde 1978. Embora a nave espacial Progress seja automatizada e não precise carregar astronautas a fim de controlar a nave durante seu percurso, são baseadas em naves espaciais Soyuz tripuladas.

nasa progress

 

Sonda Soyuz (esquerda) e o veículo espacial Progress (à direita) acoplados à Estação Espacial Internacional. foto: NASA

O equipamento necessário para naves espaciais tripulados, como o escudo de calor vital, tem sido despojado das naves não tripuladas, assim podendo levar uma quantidade de carga a mais possível por conta do peso. A Progress M-27M transportava 2.357 kg de combustível e suprimentos até a Estação Espacial Internacional.

Após o foguete chegar ao espaço, a nave espacial Progress geralmente entra em órbita baixa rumo à Estação Espacial. As órbitas tornam-se progressivamente mais lentas e com o aumento da altitude, a órbita baixa permite o processo para a captura da nave até a Estação Espacial. A Progress então levanta sua órbita para aproximação e faz a acoplagem.

A Progress M-27M foi lançada em um foguete Soyuz (não deve ser confundida com a nave espacial Soyuz), que tem sido um navio de carga do programa espacial russo (e soviético) desde os anos 1960.

Enquanto o lançamento inicialmente parecia impecável, a comunicação com o Progress tornou-se apenas esporádica, após alcançar a órbita. Você pode ver o exato momento através do vídeo abaixo:

Progress M-27M não tem perigo de colidir com a Estação Espacial, pois eles estão em altitudes muito diferentes. A Estação Espacial também é abastecido com suprimentos que duram vários meses. Por isso, a perda da carga da Progress M-27M não irá pôr em perigo a tripulação da Estação Espacial. Além disso, os fornecimentos podem ser entregues à estação espacial com navios de carga americanos e japoneses.

Fonte: The Conversation

Você pode gostar também Mais do autor

Comentários

Carregando...