Metade da população mundial será míope em 2050

17

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

Se as tendências atuais continuarem, metade da população mundial será míope em pouco mais de três décadas. E cerca de um quinto das pessoas deverá ter um aumento significativo no risco de cegueira. Apesar dessa condição estar se tornando rapidamente comum, os cientistas ainda não conseguem concordar sobre o que está causando isso. Seria fácil ligar os pontos, e relacionar a nossa obsessão com telas de computador e de telefones, mas as coisas não são tão simples assim.

Entre os anos 1970 para o início de 2000, os casos de miopia quase duplicou nos EUA, e em certas partes da Ásia, o aumento foi ainda mais dramático. Uma pesquisa recente constatou que 96% dos adolescentes na Coreia do Sul tem a visão curta. E agora, um novo relatório feito por uma equipe internacional de pesquisadores observou o aumento dos casos de miopia ao longo das últimas décadas, para chegar em previsões para o futuro.

De acordo com dados de 145 estudos abrangendo 2,1 milhões de participantes, eles descobriram que no ano 2000, cerca de 1 bilhão e 406 milhões de pessoas foram diagnosticadas com a miopia e 163 milhões tiveram alta miopia, que vem com um risco aumentado de cegueira e catarata. “Prevemos que em até 2050, haverá 4 bilhões e 758 milhões de pessoas com miopia (49,8% da população mundial) e 938 milhões de pessoas com alta miopia”, disse um dos pesquisadores.

Afinal, o que está acontecendo?

Basta olhar para o passado, e perceber o quão recentemente isso tornou-se um problema. O pesquisadores acreditam que o aumento repentino nos casos de miopia está ligada a mudanças de estilo de vida e comportamento que aconteceram ao longo das últimas décadas. E eles descartaram possibilidade de que isso tudo tenha alguma ligação com o maior tempo na frente de computadores e celulares, já que os casos de miopia já vêm aumentando muito antes dessas tecnologias.

Os cientistas estão lutando para descobrir quais os mecanismos biológicos que estão fazendo tais mudanças físicas drásticas nas estruturas dos nossos olhos. “Com base em um punhado de grandes estudos epidemiológicos sobre a miopia, gastar tempo ao ar livre – especialmente na  infância – reduz o risco de aparecimento de miopia”, disse Sarah Zhang, uma da pesquisadoras.

Temos essa forte hipótese, mas o problema é que não podemos realmente fazer experiências a longo prazo com as crianças para ver se isso se confirma. Precisamos confiar em estudos com animais para isso, mesmo se é feito com galinhas ou macacos – ninguém está realmente certo de qual é o melhor animal para estudar a miopia humana. [ScienceAlert]

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

Comentários
Carregando...