Meteorito gigante é descoberto na Argentina

29

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

Um meteorito de 30.800 kg foi desenterrado na Argentina neste final de semana, e os especialistas declararam que ele pode ser um dos maiores meteoritos já encontrados na Terra. A descoberta foi feita na fronteira do Chaco, a cerca de 1.078 km de Buenos Aires. A pedra espacial foi atribuída a uma chuva de meteoros que atingiu a região há mais de 4.000 anos atrás.

 
Pesando mais de 30 toneladas, o achado foi nomeado como o segundo maior meteorito já encontrado na Terra, mas até que novos testes sejam concluídos, é muito cedo ainda para dar de fato esse título. O meteorito que leva o primeiro lugar é o Hoba, pesando 66 toneladas e achado na Namíbia há quase um século. Devido ao seu tamanho, ele nunca foi removido do local. Acredita-se que ele tenha batido na Terra cerca de 80.000 anos atrás, e sua idade foi estimada entre 190 milhões e 410 milhões de anos.

O candidato rival para o segundo lugar é o El Chaco – um meteorito de 37 toneladas descoberto no mesmo campo argentino onde ocorreu o novo achado.

O meteorito foi descoberto em Campo del Cielo, uma área na fronteira entre as províncias de Chaco e Santiago del Estero. Este lugar surreal é empolado com crateras de meteoritos – existem 26 em uma área de apenas 3 km, que se pensa ter sido muita impactada por uma chuva de meteoros poderosa entre 4.200 e 4.700 anos atrás.

O novo meteorito – apelidado de Gancedo – agora passará por uma série de testes, em primeiro lugar para confirmar o seu peso, e em segundo lugar para confirmar o seu estatuto como um meteorito real. [ScienceAlert]

Veja o vídeo da escavação do meteorito:

 

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

Comentários
Carregando...