Artigos científicos, notícias e muito mais.

Morre astronauta Richard Gordon, que esteve presente na segunda missão a chegar na Lua

A NASA confirmou na última terça-feira (07) a morte do ex-astronauta da NASA Richard Gordon, que ficou conhecido por fazer parte do comando da missão Apollo 12 – a segunda missão a chegar na superfície da Lua.

Gordon faleceu no dia 6 de novembro de 2017, aos 88 anos de idade, após uma vida repleta de contribuições ao meio científico. Ele se tornou astronauta em 1963, tendo passado mais de 316 horas no espaço, em duas missões. Gordon foi piloto da missão Gemini 11, em 1966, e realizou duas “caminhadas espaciais” (quando o astronauta deixa a espaçonave). Também se formou em química, na Universidade de Washington, nos EUA, em 1951.

“A NASA e a nação (dos Estados Unidos) perderam um dos nossos mais antigos pioneiros espaciais. Nós enviamos nossas condolências à família e aos entes queridos do astronauta da Gemini e Apollo Richard Gordon, um herói da terceira classe de astronautas da NASA”, escreveu a agência estadunidense em seu site oficial.

Depois de se aposentar da NASA, Gordon se tornou vice-presidente executivo do New Orleans Saints, time de futebol americano dos Estados Unidos, e também ocupou uma série de cargos executivos em empresas do ramo do petróleo, gás, engenharia e tecnologia.

A NASA ofereceu uma homenagem ao veterano em 2005, com o prêmio de Embaixador da Exploração – concedido aos astronautas que participaram dos programas espaciais Mercury, Gemini e Apollo, entre 1961 e 1972.

 

Comentários
Carregando...