Novo Mapa das temperaturas dos oceanos

287

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

Um novo mapa global sobre as temperaturas que ocorrem nos diversos cantos dos oceanos é tão deslumbrante que ele poderia ser confundido com uma obra de arte. Os redemoinhos que podem ser visualizados na imagem, lançado no início deste mês pelo Los Alamos National Laboratory , retratam as temperaturas da superfície global da água. E a imagem resultante é linda. As áreas azuis demonstram temperaturas frias, as partes com tonalidades vermelhas indicam que são as temperaturas mais quentes. O mapa mostra também uma clara divisão entre o Hemisfério Norte e o Hemisfério Sul, com pequenos detalhes, incluindo as regiões que concentram um oceano com a temperatura mais elevada ao lado da Corrente do Golfo, no Oceano Atlântico, e a água quente na região do Mediterrâneo.

Climatologia Geográfica

A simulação é chamada de Modelo de Previsão através de escalas Oceânicas (MPAS-O). É um modelo de resolução variável, o que significa que os pesquisadores podem facilmente utilizar os dados sobre a resolução da simulação em escalas regionais (onde eles têm maiores dados). Na verdade, o mapa tem uma resolução de 9 milhas (15 km) no Atlântico Norte e 47 milhas (75 km) em outros lugares.

A simulação vai ajudar os pesquisadores a entender um pouco mais sobre as temperaturas que variam no oceano, o que faz aumentar a temperatura de cada região e a complexidade do clima. A capacidade do modelo para simular remoinhos – pequenas bolsas de água que rompem com a corrente principal e ajudam a mover o transporte de calor pelos oceanos, ajudarão a modelar com precisão os efeitos da mudança climática.

O modelo está sendo desenvolvido com recursos provenientes de 14 instituições de pesquisa dos Estados Unidos, incluindo oito laboratórios nacionais. Dentro de alguns anos, serão criados os supercomputadores mais avançados do país, que irão responder a perguntas em três áreas referentes às mudanças climáticas: o ciclo da água na Terra, a biogeoquímica e a criosfera (as regiões cobertas de gelo do planeta).

Fonte: LiveScience

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

Comentários
Carregando...