O mundo perdeu um terço de suas terras cultiváveis nos últimos 40 anos

11

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

Quase um terço das terras cultiváveis do mundo desapareceu nas últimas quatros décadas por causa das práticas agrícolas intensivas, e isso está impactando severamente com a viabilidade contínua de terras de cultivo. E o problema só vai piorar se não agirmos agora, dizem os especialistas. Os métodos agrícolas atuais, levam ao que poderia ser um desastre para a produção de alimentos no futuro próximo.

“As taxas de erosão de campos arados tem uma taxa de 10 à 100 vezes maiores do que as de formação de solo e cerca de 33% das terras aráveis do mundo foram perdidas à cerca da erosão ou da poluição nos últimos 40 anos”, disse Duncan Cameron, um biólogo das plantas e do solo da Universidade de Sheffield, no Reino Unido.

Em um novo relatório apresentado esta semana na Conferência das Nações Unidas sobre as alterações climáticas, os pesquisadores alertam que o sistema de agricultura intensiva de hoje é insustentável, com o uso intenso de fertilizantes. “Estamos aumentando a taxa de perda e estamos reduzindo os componentes minerais do solo”, disse Cameron.

1

Existe uma solução para o problema? Bom, de acordo com os pesquisadores, a única forma de parar com isso é voltar aos métodos agrícolas pré-industriais que ajudaram a conservar terras de cultivo antes do sistema de fertilizantes modernos. [ScienceAlert]

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

Comentários
Carregando...