Pesquisadores fizeram uma bateria que dura 400 vezes mais do que as atuais

Quando se trata de um laboratório, os acidentes geralmente não são uma coisa boa, mas um resultado inesperado levou os químicos para um tipo de bateria dura até 400 vezes mais do que as baterias de melhor desempenho que temos hoje. Enquanto a nova bateria ainda precisa ser recarregada, a grande diferença é que ela iria continuar a trabalhar de forma eficiente por mais de 200.000 ciclos de carga – que é praticamente uma vida de uso quando se trata de dispositivos como telefones, computadores, carros e até mesmo naves espaciais.
A parte ruim do acidente é que os pesquisadores ainda não tem certeza exatamente como o sistema funciona. Em vez de lítio, as novas baterias armazenam energia elétrica em nanofios de ouro. O objetivo original do experimento era simplesmente fazer uma bateria de estado sólido utilizando um gel, em vez de um líquido para manter a sua carga – baterias de lítio contêm líquido, o que as torna extremamente inflamáveis e também sensíveis à temperatura.

Mas quando eles começaram a experimentar is nanofios de ouro suspensos neste gel eletrólito, eles descobriram que o sistema era extremamente resistente. Na verdade, é mais resistente do que qualquer outro sistema de bateria. Os nanofios de ouro são milhares de vezes mais finos que um cabelo humano.

Todos nós sabemos que as baterias normais, quanto mais nós recarregamos, menos eficientes elas se tornam. Depois de algumas centenas de ciclos de carga, eles geralmente só conseguem conter uma pequena quantidade de carga – e podemos ver isso em qualquer laptop ou telefone. Mas testes mostraram que o novo sistema poderia suportar 200.000 ciclos de carga ao longo de três meses e só perder 5% da sua capacidade. [ScienceAlert]

Comentários
Carregando...