f

População de ilhas do pacífico tem DNA de uma espécie desconhecida de humanos

Traços de um espécie humana extinta e misteriosa foram encontrados no DNA dos melanésios – que vivem em uma região ao sul do Oceano Pacífico, nordeste da Austrália. De acordo com pesquisas genéticas, nova espécie não se encaixa nos Neandertais nem Denisovanos, mas sim em uma terceira espécie antiga de seres humanos, até então desconhecida pelos cientistas.

“Estamos ignorando uma população, ou não estamos entendendo bem alguma coisa sobre as relações humanas”, disse Ryan Bohlender, da Universidade do Texas, em entrevista a Tina Hesman Saey, do Science News.

Bohlender e sua equipe investigou os vestígios do antigo hominídeo no DNA dos humanos modernos daquela região, e encontraram discrepâncias em relação às análises antigas, sugerindo que os Neandertais e Denisovanos não contam toda a nossa história evolutiva.

Acredita-se que entre 100 mil e 60 mil anos atrás, nosso ancestral mais “atual” saiu da África, fazendo os primeiros contatos com as espécies de hominídeos que viviam na Eurásia. Esse contato deixou marcas na nossa espécie que podem ser analisadas até os dias de hoje, com europeus e asiáticos carregando variações genéticas distintas do DNA de Neandertais em seus genomas. E tem mais, veja no menu abaixo da imagem:

Crianças da Melanésia / Guido Amrein Switzerland/Shutterstock.com
Crianças da Melanésia / Guido Amrein/Shutterstock.com

E não é só isso. Veja a continuação clicando no menu abaixo:

Você pode gostar também Mais do autor

Comentários

Carregando...