Por que os planetas tem anéis?

161

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

Quando olhamos para o céu, com o auxílio de um binóculo ou telescópio, se você não teve a oportunidade de ver num telescópio, segue link dos observatórios pelo Brasil, nos maravilhamos com diversos corpos celestes. Porém, saturno é o que mais atrai atenção das pessoas.

Os planetas são diferenciados por conta de diversos formatos: Seja pela sua beleza, grandiosidade, seu formato, coloração ou até pelo seu conjunto de anéis que estão presentes em uma grande extensão em torno do planeta. Mas você já se perguntou de onde surge os anéis dos planetas?

Saturno não é o único planeta do sistema solar que tem anéis (não! eu não bebi nada de álcool), além de saturno, os planetas júpiter, urano e Netuno tem seu conjunto de anéis, que não são visíveis com auxílio de telescópios.

A formação dos anéis são bem curiosos, já que cada planeta tem sua peculiaridade sobre a formação delas. Através da Sonda Cassini, os pesquisadores descobriram que os anéis de saturno se formaram logo no início do Sistema Solar. Os anéis de Júpiter se renovam constantemente, por conta dos choques de micrometeoritos nas luas de Júpiter.

Planetas gasosos com os anéis

O planeta Terra já teve um anel provisório em sua volta. há 160 milhões de anos atrás, quando um asteroide se chocou com a Terra e causou a extinção dos dinossauros, toneladas de detritos foram jogados para fora da atmosfera, criando por milhares de anos um anel provisório que gradativamente, ao longo do tempo, foi retornando à Terra.

Para você entender melhor, o Projeto Ciência e Astronomia, que tem o objetivo de divulgar de forma acessível e didático assuntos relacionados à Ciência, elaborou um vídeo falando melhor sobre os anéis dos planetas e sua formação. Você pode acompanhar no player acima, no início da publicação.

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

Comentários
Carregando...