Primeiro remédio derivado da maconha foi aprovado nos EUA

48

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

Os consultores da Food and Drug Administration (FDA) aprovaram por unanimidade um medicamento feito a partir de maconha, abrindo caminho para a liberação da agência até o final de junho.

A droga, Epidiolex, seria administrada em uma forma de xarope e é feita a partir de um ingrediente purificado em cannabis chamado canabidiol, ou CBD. Destina-se a tratar convulsões severas em crianças causadas por formas raras de epilepsia denominadas síndromes de Lennox-Gastaut e Dravet.

A maioria dos pacientes com essas doenças tem convulsões diárias não controladas, apesar do tratamento, colocando-as em alto risco de desenvolver deficiências, ferimentos graves e morte prematura, disse a equipe da FDA em material de base divulgado nesta semana.

O apoio unânime dos 13 membros do comitê consultivo do FDA parecia garantido depois que os membros da equipe da agência deram uma revisão positiva à droga, dizendo que os testes clínicos mostraram que ela era eficaz na redução das convulsões e que os efeitos colaterais, incluindo possíveis complicações hepáticas, poderiam ser controlados. O mecanismo preciso pelo qual o CBD reduz as convulsões não é conhecido, disse a FDA.

A droga não contém THC, o componente psicoativo da maconha. A equipe da FDA disse que a droga “tem um potencial insignificante de abuso”.

A FDA não é obrigada a seguir a recomendação de seus consultores externos, mas geralmente o faz. A agência indicou que iria atuar até o final de junho sobre o pedido da GW Pharmaceuticals, uma empresa britânica que comercializaria o medicamento.

Uma aprovação seria direcionada a pacientes com epilepsia, mas uma vez aprovado, o medicamento poderia ser prescrito para outros usos. E isso pode abrir o caminho para outros medicamentos baseados na maconha, dizem os analistas.

Traduzido e adaptado de The Washington Post.

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

Comentários
Carregando...