Retratos surreais de animais selvagens na natureza

41

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

Parecem imagens de pintura a óleo, mas são fotos reais. Do trabalho incrível do Fotógrafo Philippe Martin, que aperfeiçoou um único tipo de fotografia de natureza que dá suas imagens uma estética hiper-real. Ele faz isso através da fusão digitalmente dezenas de imagens de um assunto em conjunto para criar uma única imagem em foco vibrante, quase não natural para o olho humano.

Martin resolveu colocar todas as imagens em um novo livro o Hyper Nature, que ele diz no prefácio “fornece ao espectador uma nova percepção da biodiversidade que brilha sob a luz e sobre o mais humilde e mais prolífico das criações da natureza.”

Tiramos nossas imagens favoritas para mostrar a vocês, que acompanham o site e vocês podem conferir a seguir. Cada imagem tem sua legenda, explicando um pouco sobre o animal em questão. É surreal!

Esse, que é uma das mais incríveis imagens, é o boophis boehmei, uma espécie de anfíbio, que fica na árvore endémica de Madagáscar. A espécie é abundante, mas a perda de árvores nas florestas em que essa espécie vive, poderia comprometer o seu futuro, chegando até a extinção:

animais selvagens 1

A imagem utilizada como capa desse artigo, é provavelmente, do mais belo gafanhoto do mundo, vejam essas cores… apesar de parecer um desenho, é real! A phymateus saxosus madagascariensis, tem seu habitat limitado a regiões de altitude média de Madagascar. A família de gafanhotos a qual essa espécie pertence, é comumente conhecida como os ‘gafanhotos berrantes’.

Agora uma imagem do camaleão Perinet. O Calumma Gastrotaenia é mais confortável em uma paisagem verde do que neste ambiente contrastantes, onde é visível a potenciais predadores. Mas assim, fica mais perceptível a riqueza de detalhes do seu corpo. É uma foto realmente incrível:

animais selvagens 3

Esse é o argiope lobed Madagascar pertence a uma família de aranhas que têm abdomens que brilham e são bem coloridos. Seu nome vem da palavra grega para “cara-de prata.” Parece feito artificialmente, não é? Que imagem sensacional:

animais selvagens 4

Essas são as pontas de um Lycopodium clubmoss. Parecem dedos verdes, têm uma riqueza de detalhes, em cores que até lembra imagens computadorizadas. Estas plantas primitivas, semelhantes a samambaias, são muito comuns em florestas tropicais:

animais selvagens 5

Agora, vemos a foto de um pequeno ninho de papa-moscas. O habitat dessa espécie, terpsiphone mutata, é o paraíso malgaxes. Encontrado nas folhas pontiagudas de pandanus (magnoliophyta da família Pandanaceae, que é encontrada tanto no Brasil, nos Estados Unidos, em Maurícia e e em Madasgacar, onde foram feitas essas fotos incríveis). Os filhos costumam ficar escondidos na vegetação rasteira. Quando totalmente crescidos, os machos desta espécie, apresentam penas brilhantes na cauda que podem ser tão longas como seus corpos:

animais selvagens 6

Essa foto, é de um botão de flor, da espécie coursii vitex. É uma trepadeira lenhosa, que tem floração e sobe em árvores para chegar a luz solar. A cores, são intensas. O interior é mais escuro, marsala. E a parte mais externa, que é a que sobre até alcançar a luz do sol, é um rosa mais claro:

animais selvagens 7

A imagem a seguir, até parece de plástico. Mas é do mantella dourado, que é um anfíbio raro limitado à floresta Madagascar e traz muita preocupação aos biólogos. Tem seu habitat muito limitado e é foco de importantes medidas de proteção, para evitar sua extinção:

animais selvagens 8

 

Foi realmente um trabalho genial! O livro deve ser ainda mais incrível que essa nossa seleção de fotos. DM

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

Comentários
Carregando...