Segundo os equatorianos essas árvores misteriosas estão andando 20 metros por ano

73

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

Sim, você leu certo, segundo Karl Gruber da BBC, existem algumas espécies de palmeiras do gênero Socratea exorrhiza, que tem a capacidade de desenvolver novas raízes para “trilhar” um caminho até encontrarem um solo melhor. Estas árvores móveis podem viajar cerca de 20 metros por ano. Mas será que isso é verdade mesmo? Parece uma pergunta muito simples de responder, porém é bem mais complicado do que se poderia esperar. Alguns relatórios, como este, afirmam que as árvores criam novas raízes, e isso lhes permite contornarem o seu caminho lentamente através da floresta.

1

De acordo com um artigo científico publicado em 2005 pelo biólogo Gerardo Avalos, as árvores de fato produzem novas raízes, entretanto, elas permanecem firmemente plantadas em um só espaço. “Só porque elas brotam novas raízes, não significa que estão se movendo, afirma”. “Meu trabalho prova que a crença, de que a palmeira caminha, é apenas um mito”, disse Avalos. Segundo ele, isso é um mito que guias turísticos contam para os visitantes da floresta tropical”.

Ao contrário de outras árvores que têm suas raízes totalmente escondidas debaixo da terra, essas têm um sistema radicular mais elevado que começa perto da parte inferior dos seus troncos. Isso faz a planta aparentar ser uma “vassoura na posição vertical”. Ao longo do tempo, o solo degrada essas raízes e isso faz com que nasçam outras novas ramificações. Então a questão é: será que essas novas raízes, eventualmente, interferem na localização da árvore? Infelizmente não. Embora pareça decepcionante para nós sabermos que essa árvore não possui nenhuma mobilidade a não ser crescer em direção à luz, há uma abundância de plantas que, de fato, se movem.

Vídeo – Exemplos: A planta carnívora Dioneia que se alimenta de pequenos insetos “mastigando” eles, ou a famosa Mimosa pudica – também conhecida como a “planta sensível” – que recua com um simples toque. Science Alert

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

Comentários
Carregando...