SpaceX anuncia planos para uma colônia em Marte: “Fazendo dos seres humanos uma espécie multiplanetária”

16

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

Publicado no Daily Galaxy, traduzido por Vinicius Gomes e revisado por Douglas Rodrigues – A empresa do bilionário Elon Musk: SpaceX, vai delinear um plano, no Congresso Internacional de Astronáutica, no México para a construção de um assentamento extraterrestre em Marte e fazer “dos seres humanos uma espécie multiplanetária.” Musk vê Marte como uma “unidade de backup” para a humanidade.

SpaceX realizou um teste bem-sucedido do foguete chamado Raptor que poderia alimentar um “mecanismo de transporte interplanetário,” seu combustível é metano líquido e oxigênio líquido. O Raptor seria reabastecido em Marte e faria uma viagem de volta.

Durante uma palestra especial intitulada ‘Tornar os seres humanos uma espécie multi- planetária’, “Musk irá discutir os desafios técnicos de longo prazo que precisam ser resolvidos para a criação de uma presença humana permanente autossustentável em Marte”, disse o Congresso Internacional de Astronáutica.

A vila de pesquisa poderia ser construída na Lua para servir como um “trampolim” para uma missão a Marte, o chefe da Agência Espacial Europeia Jan Woerner disse em uma coletiva de imprensa na segunda-feira. “Para ir a Marte, significa também usar os recursos para lá e isso também pode ser testado na Lua.”

SpaceX tem projetado o poderoso foguete Falcon Heavy, que poderia enviar uma nave espacial Dragão tripulada para o espaço.

A empresa planeja lançar o foguete de 70 metros de altura, que tem na decolagem um empuxo equivalente a 18 Boeing 747, ainda este ano.

SpaceX sofreu em 1 de setembro, quando o seu menor foguete: Falcon 9 explodiu na plataforma de lançamento durante um teste na Flórida, destruindo um satélite.

“É improvável que (Musk) será capaz de obter os seres humanos em Marte até 2025,” John Logsdon, ex-diretor do Instituto de Política Espacial da Universidade George Washington, disse, observando que Musk tem erroneamente prevê o lançamento de foguetes SpaceX no passado. SpaceX teria de juntar-se com uma agência espacial estado para pagar tal missão, disse ele. “Você está falando de dezenas de bilhões de dólares e dinheiro este que a SpaceX não tem.”

Nasa tornou pública o seu programa “Journey to Mars”; Hilary Clinton disse que se ela for eleita presidente dos Estados Unidos, um de seus objetivos será o de “avançar a nossa capacidade de fazer a exploração humana de Marte uma realidade”.

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

Comentários
Carregando...