Terremoto de Fukushima alterou a gravidade da Terra

23

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

O terremoto Tohoku, de 2011, responsável pelo tsunami que causou o desastre nuclear de Fukushima, foi também o causador de mais estragos no planeta. Um satélite da Agência Espacial Europeia percebeu uma mudança significativa na gravidade da Terra após o terremoto. A informação foi divulgada na terça-feira (3).

diferença de gravidade

O GOCE mapeou por 4 anos a gravidade da terra com uma precisão inédita. Os dados captados surpreenderam os cientistas. As análises mostram que o terremoto de 9 graus na escala Richter, que atingiu o leste do Japão em 11 de março de 2011, afetou a gravidade da terra.

 Os cientistas descobriram que além de deformar a crosta terrestre, terremotos também causam perturbações na força da gravidade. Segundo o estudo, isso acontece por conta do material no interior da Terra, que é homogêneo e desigual. Na imagem abaixo, vemos áreas de força gravitacional reduzida (azul) e aumentada (amarelo) ao redor do epicentro do terremoto (indicado pela “bola de praia” amarela e branca). Compara com o mapa gravitacional completado um ano antes do terremoto, onde o Japão está em um plano gravitacional relativamente uniforme:

anomalias

Terremotos sob o oceano, como o do Japão, podem alterar a forma do fundo do mar, o que desloca água e altera o nível do oceano, interferindo na gravidade.

original

O satélite GOCE já não orbita mais – sem combustível, ele voltou à atmosfera da Terra e se deisntegrou. Os dados trazidos, no entanto, ainda estão sendo analisados.

Fonte: ESA

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

Comentários
Carregando...