Teste de associação implícita mostra o real pensamento das mulheres sobre elas mesmas

41

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

Em uma pesquisa recente, do tipo associação implícita – onde se acredita ser possível captar os pensamentos do inconsciente dos indivíduos – descobriu-se que, mesmo as mulheres que se dizem feministas tendem a ter dificuldades para associar mulheres a palavras de liderança. A pesquisa foi liderada pela cientista política Cecilia Hyunjung Mo, da Universidade Vanderbilt.

A cientista mediu o que é conhecido como viés implícito em cerca de 400 participantes. Quando os indivíduos viram a imagem de um homem, associaram mais facilmente a figura com palavras como “presidente” e “executivo”. Entretanto, quando os indivíduos viram a imagem de uma mulher, escolheram palavras como “assistente” e “ajudante”.
mulher-correndo-acelerar-metabolismo-21762

Mo então perguntou aos voluntários em quem eles iriam votar se houvesse uma corrida de obstáculos entre um homem e uma mulher. Aqueles indivíduos que eram menos propensos a associar imagens de mulheres a com palavras associadas à liderança muitas vezes escolhiam o corredor do sexo masculino, mesmo quando os dois corredores tinham as mesmas qualificações. “Às vezes, deixei a corredora mulher um pouco mais qualificada. A associação foi um pouco mais fraca nesse caso, mas ainda foi muito maior do que eu esperava”, diz a pesquisadora. Quando Mo deixou o corredor do sexo masculino um pouco mais qualificado, parece que isso oprimiu as respostas dos voluntários. Os voluntários disseram explicitamente estarem felizes em ter uma presidente do sexo feminino, mas ao mesmo tempo estavam lutando no teste para realmente verem mulheres como líderes.

Este estudo pelo menos começa a mostrar que, em média, quando você não tem uma série de informações sobre os candidatos, as candidatas do sexo feminino precisam ser visivelmente muito superiores aos candidatos do sexo masculino para serem consideradas aptas. Para a cientista, essa realidade só mudará quando as mulheres se levantarem e tomarem seu lugar, mostrando como uma líder mulher realmente pode ser. “São esses exemplos que precisam ser criados para que as pessoas se tornem mais confortáveis com lideranças femininas”, diz a pesquisadora.

Fonte: Scientific American

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

Comentários
Carregando...