f

Tornar Marte habitável com asteroides: pesquisadores apresentam plano de terraformação

Uma equipe de pesquisadores desenvolveu um plano que tornaria uma porção de Marte mais parecida com a Terra ao ser acertada por um asteroide.

Este conceito, chamado de Mars Terraformer Transfer (MATT), criaria um lago persistente na superfície do planeta vermelho em 2036, potencialmente acelerando a exploração, colonização e até mesmo desenvolvimento comercial em Marte, segundo a equipe.

“A terraformação não precisa ser executada em toda a superfície planetária, uma região do tamanho de uma cidade é adequada para a habitação e o MATT atinge este objetivo,” a equipe Lake Matthew, que está por trás desta ideia, escreveu em um comunicado de imprensa.

A chave para o plano é um satélite Shepherd, que jogaria um asteroide, ou outro corpo celeste pequeno, contra o planeta vermelho. O corpo impactante injetaria calor no leito rochoso marciano, produzindo água por fusão, criando um lago que persistiria por milhares de anos dentro da zona de impacto aquecida, membros da equipe Lake Matthew anunciaram.

“Considerando que projetos prévios de estruturas de habitação eram limitados a milhares de metros cúbicos, o projeto MATT pode se estender a milhões de metros cúbicos”, membros da equipe escreveram no comunicado de imprensa. Além disso, a água tratada do lago no local de impacto seria suficiente para cobrir e proteger cúpulas subaquáticas, a equipe adicionou.

“Conforme o avanço, a primeira habitação em Marte poderá rapidamente se transformar em colônias, com capacidade para autossuficiência, até mesmo proporcionando expedições por todo o mundo,” foi dito no comunicado de imprensa. “Isso reduz a carga que precisaria ser enviada da Terra e a despesa de missões tripuladas.”

“A longa missão de Shepherd terminará com um pequeno ajuste quando à órbita do satélite, colocando-o em uma órbita Marte-ressonante que é um pouco como uma órbita de Aldrin cycler,” membros da equipe contaram ao Inside Outer Space. (Aldrin cycler é uma nave espacial, proposta pelo astronauta do Apollo 11, Buzz Aldrin, que navega repetidamente entre a Terra e Marte). “Isso possibilita que o Shepherd seja recuperado pelos colonos em uma data posterior, teoricamente para exposições em um museu em Marte.”

 

Originalmente publicado em Space

Você pode gostar também Mais do autor

Comentários

Carregando...