‘Uber humano’ poderá lhe substituir em reuniões, encontros e eventos no futuro

13

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

Com informações de LiveScience.

Seria essa mais uma sugestão de tema a ser abordado pela série Black Mirror?

Um produto apresentado em uma conferência de tecnologia em Singapura na última semana trás um novo conceito tecnológico que pode trazer algumas novidades curiosas para nossas vidas sociais. O protótipo do chamado ‘ChameleonMask‘ (máscara de camaleão, em inglês) foi criado por Jun Rekimoto, dos Laboratórios de Ciências da Sony, é uma espécie de “Uber humano”, que leva seu rosto (por meio de vídeo conferência) para onde você quiser. E tudo isso sem robôs incluídos no processo! O procedimento é todo feito com o auxílio (provavelmente pago) de um ser humano de verdade.

O indivíduo que por algum motivo quiser comparecer a algum evento, reunião ou encontro, mas não puder ou quiser fazer isso pessoalmente, pode utilizar o serviço, que funciona da seguinte maneira, de acordo com o portal LiveScience: Um usuário ‘passivo’ da plataforma veste uma máscara acoplada a um tablet conectado ao computador de quem contratou o serviço. Com o auxílio de canais de saída de som, a máscara é capaz de transmitir também a voz do usuário. Por meio de câmeras acopladas também à máscara, quem contrata o serviço tem uma visão completa do que está nos arredores de seu “uber humano”.

“Este projeto baseia-se em nossa hipótese assumindo que a telepresença física e social pode ser incorporada por um humano substituto que imita o usuário remoto. Ele também elimina muitas dificuldades enfrentadas por robôs teleoperados. Nosso estudo piloto confirmou que as pessoas poderiam considerar o usuário “mascarado” como a pessoa que opera o sistema de forma remota”, escreveu Rekimoto.

Em um teste para confirmar a aceitação do projeto, de acordo com o portal LiveScience, Rekimoto e sua equipe enviaram um representante para um escritório do governo local para conseguir a assinatura de um documento. A empresa não deixou claro se o teste foi bem sucedido, mas a equipe diz que o funcionário do Governo recebeu o convidado tratando-o pela pessos que estava do outro lado da tela, e não por quem vestia a máscara.

Ainda não existe uma data estimada para o lançamento oficial do produto para o mercado. Você pode conferir outras informações sobre o protótipo clicando aqui.

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

Comentários
Carregando...